Sem retomar contratações, Caixa prorroga prazo para adesão ao PAA

O prazo terminaria no dia 8, mas seguirá aberto até 30 de junho; PAA reduz o quadro de funcionários e desvaloriza bancários, avalia Sindicato.

A Caixa informou ontem (2) que prorrogou até o dia 30 de junho o período de adesão ao Plano de Apoio à Aposentadoria (PAA). O prazo, que terminaria na próxima quarta-feira, 8 de junho, agora vai até o dia 30 deste mês. Já o período de desligamento, entre 16 de maio e 29 de julho, e as demais regras seguem inalteradas em relação à CE 006/2016.

“As agências bancárias vivem uma realidade de falta de funcionários, o que acarreta sobrecarga de trabalho e, consequentemente, adoecimento dos bancários e bancárias, além da precarização do atendimento ao público. Enquanto isso, a Caixa mantém uma política que tem como objetivo reduzir ainda mais o quadro de funcionários e piorar esse cenário de total desvalorização dos trabalhadores e trabalhadoras”, afirmou a diretora do Sindicato dos Bancários/ES, Lizandre Borges, quando a Caixa reabriu o PAA.

 No PAA realizado em 2015, cerca de 3.200 trabalhadores deixaram a Caixa. Na primeira janela do Plano de Apoio à Aposentadoria deste ano, cujo prazo de adesão terminou no dia 31 de março, o objetivo do banco era desligar mais 1.500. Na negociação desta quinta-feira, o banco se comprometeu a apresentar o total de desligados. Enquanto isso, há 30 mil aprovados no concurso público de 2014 aguardando convocação. Foi um dos maiores certames da histórica, com quase 1,2 milhão de inscritos. Menos de 8% aprovados foram efetivamente admitidos.

Fonte: Fenae.

 

Imprima
Imprimir

Comentários