Votação do projeto da terceirização é adiada para esta quarta-feira

Base do governo quer aprovar o PL 4302/98 em uma única sessão nesta quarta-feira. Projeto impõe perdas severas aos trabalhadores brasileiros

A discussão e votação do PL 4302/98, que libera a terceirização irrestrita no Brasil, foi adiada para esta quarta-feira, 22.  Empenhado em aprovar o projeto, que destrói direitos históricos dos trabalhadores, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM)  afirmou que a sessão de hoje terminará apenas quando a votação do projeto for encerrada.

Representantes de sindicatos e centrais sindicais de todo o país continuam em Brasília e mantêm forte mobilização para pressionar os congressistas a votarem contra o projeto. O diretor do Sindicato dos Bancários/ES Idelmar Casagrande acompanha a mobilização.

Saiba mais

 

 

Imprima
Imprimir