8 de março é dia internacional de luta das mulheres. Confira programação

No próximo sábado, 8 de março, é o Dia Internacional de Luta das Mulheres. Por isso, o Fórum de Mulheres do Espírito Santo, composto por diversas entidades e movimentos sociais, preparou uma programação itinerante, com atividades durante todo o mês. A programação, que tem como tema “A terra é nossa, a cidade é nossa, o […]

No próximo sábado, 8 de março, é o Dia Internacional de Luta das Mulheres. Por isso, o Fórum de Mulheres do Espírito Santo, composto por diversas entidades e movimentos sociais, preparou uma programação itinerante, com atividades durante todo o mês. A programação, que tem como tema “A terra é nossa, a cidade é nossa, o corpo é meu, todo meu!”, conta com panfletagens, intervenções artísticas, roda de conversa, formação política, exibição de filme e sarau.

De acordo com uma das integrantes do Fórum de Mulheres, Edna Martins, o tema remete às lutas das mulheres do campo e da cidade e à violência contra a mulher. “Defendemos a autonomia das mulheres em relação aos seus próprios corpos e queremos denunciar o alto índice de agressões, como estupro e outras formas de violência. Queremos abordar também a luta das camponesas e as especificidades das mulheres da cidade, que reivindicam ser enxergadas no espaço urbano, inclusive, com uma reforma urbana que contemple, por exemplo, as novas reconfigurações de família”, diz Edna.

As atividades terão início no dia 8, num ato político no bairro São Pedro, com concentração a partir das 8h30, no Parque Municipal da Baía Noroeste de Vitória. Na parte da tarde, às 14h, na praça da Associação de Moradores de Bairro República, haverá uma roda de conversa cujo tema será “Machismo é violência: a cultura reproduzindo as opressões”.

No domingo, 9 de março, a programação será na Casa dos Direitos, na Ilha de Santa Maria, onde acontecerá uma formação com o tema “Reforma política e a vida das mulheres”. A formação será das 8h às 17h. Na quarta, 12, haverá uma panfletagem acompanhada de intervenções artísticas, na Praça Costa Pereira, das 11h às 14h.

Já no dia 19 de março, às 19h, é a vez do Cine Mulher, com a exibição dos filmes Mulheres Invisíveis e Acorda, Raimundo. Ambos trazem o debate sobre a desigualdade entre homens e mulheres por meio da divisão sexual do trabalho. O Cine Mulher será na praça do bairro Barcelona, na Serra.

O encerramento da programação será no dia 28 de março, com a realização do Sarau Feminista, às 19h, no Centro de Referência da Juventude (CRJ).

Imprima
Imprimir