Acordo Coletivo do BNB é assinado em Fortaleza

O acordo aditivo dos funcionários do BNB 2015/2016 foi assinado na quinta-feira, 05, em Fortaleza, Ceará. Os bancários e bancárias do BNB conquistaram o índice da Fenaban, ou seja, 10% de reajuste salarial, além de 14% de reajuste no auxílio cesta alimentação, 13ª cesta alimentação e auxílio refeição. Segundo o diretor do Sindicato dos Bancários/ES, […]

O acordo aditivo dos funcionários do BNB 2015/2016 foi assinado na quinta-feira, 05, em Fortaleza, Ceará. Os bancários e bancárias do BNB conquistaram o índice da Fenaban, ou seja, 10% de reajuste salarial, além de 14% de reajuste no auxílio cesta alimentação, 13ª cesta alimentação e auxílio refeição.

Segundo o diretor do Sindicato dos Bancários/ES, João Bosco, os bancários e bancárias do BNB têm que se manter mobilizados para avançar nas conquistas das pautas específicas. “É importante que os trabalhadores e trabalhadoras do BNB se mantenham firmes na luta pela isonomia, mais contratações e outras reivindicações específicas que não foram contempladas nesse Acordo Coletivo”, afirma João Bosco.

Confira os principais destaques do acordo aditivo dos funcionários do BNB:

Reajustes salariais: 10% sobre verbas salariais

Auxílio Cesta Alimentação: 14% (de R$ 431,14 para R$ 491,52)

13ª Cesta Alimentação: 14% (de R$ 26,00 para R$ 29,64) sendo 22 tíquetes, totalizando R$ 652,08

Auxílio Creche – filho até idade de 71 meses: 10% (de R$ 358,82 para R$ 394,70)

Auxílio Creche – filho até idade de 83 meses: 10% (de 306,96 para R$ 337,66)

Auxílio Funeral: 10% (de R$ 823,30 para R$ 905,63)

Auxílio Material Escolar: 10% (de R$ 261,69 para R$ 287,86)

Incapacidade decorrente de Assalto: 10% (de R$ 139.450,09 para R$ 153.395,10)

Auxílio Dependente com Deficiência: 10% (de R$ 336,71 para R$ 370,38)

PLR: Segue regra FENABAN, mantém a PLR Social de até 3% do lucro, antecipação da PLR, de 3% do Lucro do primeiro semestre de 2015

Compensação dos dias parados: não haverá descontos e serão compensadas uma hora por dia, até 15/12/2015

Propostas da pauta específica:

Pautar até 30/11/15 a discussão de agenda para negociação do acordo específico para implantação do Ponto Eletrônico em todas as unidades.

Pautar até 30/11/15 a discussão do calendário para eleição de Conselheiro Representante dos empregados.

Suspensão de 3 parcelas de CDC entre os meses de outubro/15 a janeiro/16, mediante manifestação dos interessados.

Incluir no curso de integração de novos empregados a abordagem dos temas Ética e Assédios.

Identificar, em 30 dias após a assinatura do ACT, as unidades com caixas em substituição prolongada e aguardar 60 dias para abertura de concorrência.

Estabelecer mesa temática para análise das condições de trabalho dos técnicos nas áreas de engenharia e arquitetura, comunicação social e analistas de sistemas.

Considerar a média das verbas eventuais, pagas ao longo do ano civil, tais como horas extras, substituições de função em comissão, quando do pagamento de 13º, de acordo com o calendário de implantação do ERP.

Considerar os eventos do mês na folha de pagamento de próprio mês, de acordo com o calendário de implantação do ERP.

Priorizar o desenvolvimento de tecnologia para gerenciamento auxiliar da utilização/indenização das ausências abonadas, como já ocorre com as folgas.

Abonar um dia por ano para realização de exame médico (periódico), se realizado em localidade distante mais de 100km de sua lotação que impeça cumprir a jornada de trabalho, conforme análise da área de Desenvolvimento Humano quanto às condições de atendimento.

Com informações da Contraf

Imprima
Imprimir