Após pressão de trabalhadores, Banestes repassa aporte para a Banescaixa

"Mesmo com o repasse do aporte, a direção do banco precisa voltar a discutir e dialogar com o Sindicato, a partir de janeiro. Continuaremos cobrando soluções e alternativas para que o plano de saúde volte a ser sustentável”, afirma o coordenador do Sindibancários/ES, Jonas Freire.

Suspenso desde junho, o Banestes acaba de realizar o repasse do aporte para cobertura das despesas administrativas da Banescaixa, referentes aos meses atrasados de 2017. Esse repasse foi feito pelo banco após reunião dos dirigentes do Sindibancários/ES com a direção do banco nesta semana, resultado da ação sindical na última segunda-feira, 18, que interrompeu as atividades do prédio do Centro de Processamento de Dados (CPD), em Vitória.

“O repasse para a cobertura das despesas da Banescaixa é um importante resultado da nossa luta. A direção do Banestes entendeu a preocupação que temos com o plano de saúde. Não podemos abrir mão dele”, afirma o coordenador geral do Sindibancários/ES, Jonas Freire. Ele ressalta, ainda, que mesmo com o repasse do aporte, a direção do banco precisa voltar a discutir e dialogar com o Sindicato, a partir de janeiro. “Continuaremos cobrando soluções e alternativas para que o plano volte a ser sustentável”, acrescenta.

Reivindicações

Os bancários querem a melhoria do plano de saúde, com um modelo de contribuição que seja solidário e sustentável. Por isso, defendem a volta da contribuição por percentual, em substituição à cobrança por faixa etária implantada em 2009. Também está na pauta de reivindicações a redução da parcela fixa da coparticipação dos empregados, que aumentou de R$ 85 para R$ 283 em outubro, e sofrerá novo reajuste em dezembro, passando para R$ 461, um aumento de 542%.

Imprima
Imprimir