Assembleia geral discute aprovação de greve a partir do dia 30. Participe!

Com indicativo de greve a partir do próximo dia 30, bancários e bancárias são convocados a participarem de assembleia geral nesta quinta-feira, 25, para discutir proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e aprovar a paralisação por tempo indeterminado. A assembleia será realizada às 18 horas, no Centro Sindical dos Bancários, em Vitória. Caso a […]

Com indicativo de greve a partir do próximo dia 30, bancários e bancárias são convocados a participarem de assembleia geral nesta quinta-feira, 25, para discutir proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e aprovar a paralisação por tempo indeterminado. A assembleia será realizada às 18 horas, no Centro Sindical dos Bancários, em Vitória.

Caso a greve seja aprovada, haverá uma assembleia para organização do movimento no dia 29 de setembro. Para o coordenador geral do Sindibancários/ES, Carlos Pereira de Araújo (Carlão), que representa o Espírito Santo e a Intersindical no Comando Nacional da categoria, somente a mobilização e uma forte greve vão conseguir romper a intransigência dos banqueiros.

“Essa é a hora de a categoria mostrar sua força, insatisfação e fazer uma grande greve unificada. Não houve avanços em nenhuma rodada de negociação, nem mesmos nas mesas específicas de negociação com os bancos públicos federais. A postura da Fenaban foi de desrespeito com os trabalhadores bancários. Além da proposta salarial rebaixada, não houve contraproposta para as questões de saúde e condições de trabalho, igualdade de oportunidades, segurança e emprego”, frisa Carlão.

Índice rebaixado 

Terminaram as rodadas de negociação com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e a resposta dada às reivindicações da categoria foi um índice de reajuste rebaixado e a recusa dos principais pontos da pauta dos trabalhadores.

O índice reivindicado pela categoria bancária é de 12,5%. Mas a Fenaban propôs um índice de apenas 7% de reajuste para salário, PLR e auxílios refeição, alimentação e creche, proposta muito aquém das expectativas da categoria. Para o piso salarial, os banqueiros ofereceram 7,5%, valor também insuficiente.

Calendário de luta

25/09 – Assembleia geral para discutir a pro- posta da Fenaban e aprovar greve

Local: Centro Sindical dos Bancários (Rua Itobal Rodrigues Campos, 125, Forte de São João, Vitória/ES)

Horário: a partir das 18 horas

29/09 – Assembleia de organização da greve

30/09 – Greve por tempo indeterminado

Imprima
Imprimir