Assembleia vota Previsão Orçamentária para 2018 dia 20 de dezembro. Participe!

O Sindicato realiza no dia 20 de dezembro uma assembleia geral para deliberar sobre a Previsão Orçamentária de 2018. A atividade terá a primeira convocação às 18 horas, e segunda às 18h30, no auditório da entidade

Chegado o fim do ano, é hora de planejar a atuação do Sindicato para o ano seguinte. Por isso, o Sindicato realiza no dia 20 de dezembro uma assembleia geral para deliberar sobre a Previsão Orçamentária de 2018. A atividade terá a primeira convocação às 18 horas, e segunda às 18h30, no auditório da entidade (Rua Wilson Freitas, 93, Centro, Vitória).

Importância da sindicalização

Há oito décadas, o Sindicato dos Bancários/ES defende e representa os bancários e bancárias. Contudo, em 2017, a classe trabalhadora brasileira, incluindo a categoria bancária, sofreu um duro golpe com a aprovação da reforma trabalhista. Nesse contexto, o ato de sindicalização torna-se ainda mais importante para resistir aos ataques dos patrões e do governo.

“Manter a sustentabilidade do Sindicato é manter a sua capacidade de resistência, sobretudo neste momento em que os direitos dos trabalhadores estão ameaçados”, afirma a diretora de Administração Rita Lima.

O diretor Jurídico do Sindicato Idelmar Casagrande explica que, com a nova CLT, o acesso à justiça ficou ainda mais complicado.

“As mudanças na regra da legislação trabalhista não impedem o acesso do trabalhador à justiça do trabalho, mas inviabiliza em função da possibilidade de custo tanto para o Sindicato quanto para o trabalhador em relação ao pagamento de honorários para o banco. No caso de perda de uma ação parcial ou total, o Sindicato terá que pagar os honorários para o banco. O mesmo vai acontecer com o trabalhador que entrar com ação”, sinaliza.

“A capacidade de luta de um Sindicato está relacionada também com a capacidade de arrecadação como forma de sustentar sua estrutura e suas atividades políticas de representação e mobilização da categoria”, diz o diretor de Finanças Jonathas Corrêa.

Veja a proposta orçamentária e as notas explicativas:

ADMINISTRAÇÃO: folha de pagamento dos funcionários, Centro Sindical, compra de materiais diversos, equipamentos e contratos de manutenção e segurança patrimoniais, dentre outros custos.

FORMAÇÃO: cursos de políticas sindicais, seminários, preservação da memória/história.

JURÍDICO: assessoria jurídica, cálculos, recursos, custas judiciais, honorários advocatícios, processos, perícias e acordos judiciais.

COMUNICAÇÃO: manutenção do site, produção e impressão dos jornais Correio Bancário, Mulher 24 horas e O Banestão (chargista, ilustrador, fotógrafo e gráfica), produção e impressão de materiais diversos (cartazes, folderes etc.). Campanhas e materiais institucionais.

SECRETARIA GERAL: conferências da Campanha Nacional 2018 (estadual, regional e nacional), ações sindicais nas agências bancárias, encontros de delegados sindicais, Campanha Nacional, greve, doações em solidariedade para entidades (estudantis, trabalhadores rurais, sem-terra, sem-teto, movimento de mulheres, negros e indígenas e outras).

CULTURA: realização de atividades culturais diversas.

 

Imprima
Imprimir