Atenção, bancários: compensação de horas no Banestes começa hoje e vai somente até o dia 11 de novembro

Após novo acordo com o banco estabelecido na última sexta-feira, 1°, ficou definido um aditivo para bancários do Banestes que garante a compensação de horas da greve apenas até o dia 11 de novembro (na Fenaban o prazo é 15 de dezembro). A mudança representa um abono de cerca de 90% das horas da paralisação. […]

Após novo acordo com o banco estabelecido na última sexta-feira, 1°, ficou definido um aditivo para bancários do Banestes que garante a compensação de horas da greve apenas até o dia 11 de novembro (na Fenaban o prazo é 15 de dezembro). A mudança representa um abono de cerca de 90% das horas da paralisação.

A compensação diz respeito aos dias não trabalhados, no período de 19 de setembro a 9 de outubro, quando a categoria esteve em greve para garantir conquistas importantes na Campanha Salarial 2013. Antes deste aditivo, a compensação seria feita do dia 28 de outubro até 20 de novembro, o que corresponderia a um abono de 50% das horas. 

Jessé Alvarenga, diretor do Sindicato dos Bancários/ES e bancário do Banestes reforça que os trabalhadores não podem se sentir pressionados a compensar integralmente as horas diárias. “O acordo fala sobre o limite de duas horas por dia, conforme a necessidade do serviço e desde que seja na função da pessoa. O bancário não deve cumprir nada além disso”.

É importante ressaltar que as horas extras efetuadas no período anterior a este período deverão ser pagas conforme a legislação estabelece, ou seja, o bancário deve receber por elas. O valor não poderá ser considerado compensação.

Imprima
Imprimir