Atuais presidentes da Caixa e do BB serão mantidos no cargo

Nesta quarta-feira, 14, a presidente Dilma Rousseff anunciou que irá manter Aldemir Bendine na presidência do Banco do Brasil e Jorge Hereda no comando da Caixa. O anúncio da permanência de Hereda como presidente surpreende os bancários da Caixa, uma vez que o Tribunal de Contas da União (TCU) apontou irregularidades na atual gestão do […]

Nesta quarta-feira, 14, a presidente Dilma Rousseff anunciou que irá manter Aldemir Bendine na presidência do Banco do Brasil e Jorge Hereda no comando da Caixa. O anúncio da permanência de Hereda como presidente surpreende os bancários da Caixa, uma vez que o Tribunal de Contas da União (TCU) apontou irregularidades na atual gestão do banco.

 Na última semana, Dilma Rousseff chegou a declarar que o cargo de presidente da Caixa seria da ex-ministra do Planejamento Miriam Belchior, que coordenou o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) no último governo. Belchior, segundo publicações na imprensa, teria como uma das prioridades a abertura de capital da Caixa. Apesar da mudança de nomes, a presidente Dilma ainda não descartou a possibilidade desse processo, que representa o início da privatização do banco.

“A luta dos bancários da Caixa continua, principalmente porque continuamente a atual diretoria da instituição tenta retirar direitos dos trabalhadores, com desrespeito à jornada de 6 horas, pressão por metas, entre outras formas. Além disso, com a ameaça de abertura de capital do banco, estamos mobilizando toda a categoria para defender que a Caixa continue 100% pública”, enfatiza a diretora do Sindibancários/ES e bancária da Caixa, Lizandre Borges.

Imprima
Imprimir