Bancários da Caixa podem conferir íntegra das resoluções aprovadas no Conecef

Melhores condições de trabalho para pessoas com deficiência, combate às metas abusivas e contratação de mais empregados estão entre as principais reivindicações dos bancários da Caixa para a Campanha Salarial 2015. As resoluções aprovadas no 31° Conecef, realizado de 12 a 14 de junho em São Paulo, foram publicadas na íntegra nesta segunda-feira, 13, pela […]

Melhores condições de trabalho para pessoas com deficiência, combate às metas abusivas e contratação de mais empregados estão entre as principais reivindicações dos bancários da Caixa para a Campanha Salarial 2015. As resoluções aprovadas no 31° Conecef, realizado de 12 a 14 de junho em São Paulo, foram publicadas na íntegra nesta segunda-feira, 13, pela Comissão Executiva dos Empregados da Caixa (CEE/Caixa – Contraf). A pauta de reivindicações específicas da categoria será negociada com a Caixa durante a Campanha Salarial e na mesa de negociações permanentes.

O slogan do 31º Conecef “Unidade para conquistar” nor­teou os debates em torno das rei­vindicações dos empregados. “A defesa da Caixa 100% pública e o fortalecimento da unidade no movimento dos empregados para lutar por mais conquistas, contra os ataques aos direitos trabalhistas e contra o avanço do conservado­rismo foram a tônica dos discursos na abertura do evento”, destacou a diretora do Sindicato dos Ban­cários/ES Rita Lima, que repre­sentou a Intersindical na mesa de abertura.

Participaram dos três dias do encontro 348 delegados de todo o país, sendo 198 homens (57%) e 150 mulheres (43%). Entre as principais reivindicações aprovadas também estão: garantias para vítimas/familiares de assaltos e sequestros; melhoria e ampliação do aten­dimento do Saúde Caixa, com extensão para quem se apo­sentou por meio de PADVs; extensão de tíquete e cesta para aposentados e pensionistas; retomada da Agência Segura; manutenção da Caixa 100% pública;  fim do GDP; a isonomia e o Saúde Caixa na aposentadoria para todos.

Clique aqui e confira a íntegra das resoluções do 31º Conecef.

Fórum em defesa do fundo de pensão

Durante o Conecef, os em­pregados aprovaram a criação de um Fórum Nacional em Defesa da Funcef. Esse fórum vai acom­panhar a apresentação, pela dire­ção da Funcef, da proposta para o equacionamento do déficit do Reg/Replan e, a partir daí, pro­mover o debate e se posicionar sobre a proposição.

As correntes políticas assi­naram um manifesto em defesa do fundo de pensão e se compro­meteram a continuar discutindo uma proposta para modificar as regras eleitorais visando à am­pliação da democracia com, por exemplo, o fim do voto minerva e a eleição de diretores e conselhei­ros em dois turnos sempre que a chapa mais votada não atingir 50% dos votos mais um.

A origem do déficit da Fun­cef, os investimentos que mais im­pactaram negativamente o fundo de pensão e o plano de equacio­namento foram debatidos numa mesa com a presença do diretor de Investimentos da Funcef, Mau­rício Marcellini, e do conselheiro deliberativo eleito Antônio Luiz Fermino.

Imprima
Imprimir