Bancários do Itaú e do HSBC aprovam Acordos Coletivos de Trabalho referentes a PCR’s

Em assembleias realizadas na noite dessa quarta-feira, 04, os bancários e bancárias do HSBC e do Itaú aprovaram os Acordos Coletivos de Trabalho dos Programas de Participação Complementar nos Resultados (PCR’s) referentes aos exercícios de 2015 e 2016 de cada banco. A atividade foi realizada na sede do Sindibancários/ES. O pagamento dos valores acordados será […]

Em assembleias realizadas na noite dessa quarta-feira, 04, os bancários e bancárias do HSBC e do Itaú aprovaram os Acordos Coletivos de Trabalho dos Programas de Participação Complementar nos Resultados (PCR’s) referentes aos exercícios de 2015 e 2016 de cada banco. A atividade foi realizada na sede do Sindibancários/ES. O pagamento dos valores acordados será efetuado pelos bancos até o dia 13 de novembro.

Os empregados do Itaú conquistaram um PCR no valor de R$ 2.285,00. Caso o retorno sobre o patrimônio líquido (ROE) do banco, no final de 2015, seja maior que 23%, o PCR subirá para R$ 2.395,00. O pagamento da complementação de R$ 110,00 será efetuado em março de 2016. O pagamento do PCR será realizado junto com a antecipação da PLR. O valor será alterado em 2016 conforme o índice de reajuste salarial da categoria.

Já os bancários do HSBC vão receber o valor de R$ 3 mil a título de gratificação, que será creditado em parcela única, na mesma data da primeira parcela da PLR da Convenção Coletiva dos Bancários, até o próximo dia 13. O valor será pago a todos os funcionários entre os níveis 13 e 24, excetuados os níveis de gestão que têm direito a PPR. A PLR dos trabalhadores do HSBC terá o valor reduzido, aproximadamente R$ 250, por isso foi negociado o pagamento da gratificação.

Imprima
Imprimir

Comentários