Bancários e bancárias organizam plenária contra o fascismo

Categoria se reúne na próxima quinta, 18, no Centro Sindical

Considerando a escalada de ódio e intolerância que assombra o país nessas eleições presidenciais, bancários e bancárias capixabas realizam na próxima quinta-feira, dia 18, uma plenária em defesa da democracia e contra o fascismo. A atividade acontece às 18h30, no Centro Sindical dos Bancários, e contará com a participação do professor de filosofia da UFES, Maurício Abdalla.

De acordo com a diretora do Sindibancários/ES, Rita Lima, o país vive um momento muito difícil e desfavorável para os trabalhadores e trabalhadoras, por isso é fundamental organizar a resistência. “Não se trata apenas de uma eleição presidencial. Estamos falando do autoritarismo, do silenciamento e da violência que podem atingir a vida de todos. O cenário político exige que todos nós, comprometidos com a democracia e com os direitos sociais, organizemos a resistência”, ressalta.

O evento, cujo objetivo é pensar e debater a atuação dos bancários e bancárias para combater o avanço do fascismo na categoria e no Brasil, é aberto a trabalhadores e trabalhadoras de outras categorias, estudantes e aposentados que queiram contribuir.

Plenária de organização

Data: 18/10, quinta-feira,

Horário: às 18h30

Local: No Centro Sindical dos Bancários (Rua Dom Bosco, 125 – Ilha de Santa Maria – Vitória/ES)

 

Livro “O ódio como política”

Para ajudar a compreender esse momento crítico, a Boitempo liberou o e-book gratuito do livro O ódio como política: a reinvenção das direitas no Brasil, um retrato completo do avanço das direitas no Brasil, organizada por Esther Solano.

Até o dia do segundo turno (28/10), o leitor que tiver Kindle poderá baixar gratuitamente o livro digital nas principais livrarias do ramo. Confira os links abaixo:

E-book gratuito:

 

Imprima
Imprimir