Bancários querem pré-acordo de ultratividade assinado hoje

Garantia dos direitos já conquistados, como PLR, vale alimentação, vale refeição, entre outros, e a definição do calendário de negociação são as principais reivindicações que serão apresentadas pelo Comando Nacional

Garantia de que todos os direitos previstos na Convenção Coletiva de Trabalho serão respeitados até que um novo acordo seja assinado. É isso que o Comando Nacional dos Bancários cobra da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) nesta quinta-feira (12) na segunda rodada de negociação. Os trabalhadores querem sair da rodada de negociação da Campanha Nacional Unificada 2018 com o pré-acordo de ultratividade assinado e um calendário para as próximas rodadas de negociação.

“Não vamos aceitar a retirada de nenhum direitos. Queremos que os bancos assinem o pré-acordo e que definam um calendário de negociação da nossa pauta de reivindicações.  Não aceitaremos que direitos históricos da categoria, conquistados com muita luta, sejam retirados”, enfatiza o diretor do Sindibancários/ES, Carlos Pereira de Araújo (Carlão), que representa os bancários capixabas e a Intersindical no Comando Nacional. Na primeira rodada de negociação, no dia 28 de junho, o Comando Nacional já apresentou um calendário de negociações sugerido aos negociadores da Fenaban.

Reivindicações

Reunidos em conferência nacional, bancários e bancárias de todo o Brasil definiram como prioridade para a Campanha 2018, além do pré-acordo, aumento real para salários e demais verbas, PLR maior, garantia dos empregos. A categoria está mobilizada, ainda, em defesa dos bancos públicos e da democracia, com foco na eleição de candidatos, em outubro, comprometidos com os direitos da classe trabalhadora.

A pauta foi entregue aos bancos em 13 de junho e reivindica, ainda, cláusulas defendam os bancários de outras ameaças da lei trabalhista como a retirada da CCT dos bancários hipersuficientes (quem ganha a partir de duas vezes o teto de benefícios do INSS, hoje em R$ 11.291, e tenha ensino superior), os contratos temporários, intermitentes, a terceirização.

Nesta quarta-feira, 11, sindicatos dos bancários de todo o país realizaram atos em defesa da Convenção Coletiva da categoria.

Com informações da Contraf

Acompanhe a Campanha Salarial 

Confira as minutas de reivindicações da Campanha Salarial 2018

Bancários se mobilizam em dia de luta em defesa da convenção coletiva

Primeira rodada de negociação com a Caixa será no dia 13 de julho 

BNB: Bancários realizam primeira rodada de negociação e assinam acordo do ponto eletrônico 

BB mostra disposição para negociar, mas reunião termina sem avanços concretos

Banqueiros não assinam pré-acordo e primeira rodada termina frustrada

Sindibancários/ES entrega minuta ao Bandes

Sindicato entrega minuta de reivindicações ao Banestes

“Todos por Tudo”! Campanha Nacional é lançada no ES 

 

Imprima
Imprimir