Banco do Brasil adia prazo reestruturação da Gecex

Após manifestações dos bancários e bancárias em todo país, o Banco do Brasil anunciou a reestruturação da Diretoria Corporate Bank para 12 de janeiro de 2015. A mudança envolverá as Gerências Regionais de Apoio ao Comércio Exterior (Gecex) e os Centros de Suporte do Atacado (CSA). A reestruturação prevê que os processos da Gecex do […]

Após manifestações dos bancários e bancárias em todo país, o Banco do Brasil anunciou a reestruturação da Diretoria Corporate Bank para 12 de janeiro de 2015. A mudança envolverá as Gerências Regionais de Apoio ao Comércio Exterior (Gecex) e os Centros de Suporte do Atacado (CSA).

A reestruturação prevê que os processos da Gecex do Estado passem a ser centralizados nas cidades de Belo Horizonte, Curitiba e São Paulo, o que acarretará fechamento ou redução da área operacional/ negocial de Gerências em algumas cidades, entre elas, Vitória. Após pressão da categoria, o Banco apenas anunciou um novo prazo para a reestruturação mas não cancelou o processo de mudança.

Os bancários solicitaram a suspensão do processo em razão dos problemas nas diversas localidades, com dificuldade de realocação e perdas devido ao fato de o plano de funções não ter sido devidamente dimensionado. Novas reuniões com o BB serão agendadas com a Contraf para apresentação de soluções aos problemas apresentados pelos funcionários.

“Já nos articulamos com parlamentares capixabas para tentar reverter esse processo. Vamos continuar pressionando o banco e contamos também com o apoio dos setores capixabas do comércio exterior nessa luta pela permanência da Gecex no Estado”, enfatiza a diretora do Sindibancários/ES, Goretti Barone.

O banco também reforçou o compromisso em dialogar com as entidades representativas dos funcionários no sentido de minimizar os impactos com realocação das pessoas envolvidas no processo.

Confira aqui como foi o Ato pela permanência da Gecex no Estado.

Com informações da Contraf.

Imprima
Imprimir