Banco do Brasil anuncia o lucro líquido de 2016

O lucro foi de R$ 8,034 bilhões, 44,2% abaixo dos R$ 14,4 bilhões do ano anterior. O Itaú Unibanco passou a ser o maior banco brasileiro em ativos no fim de 2016, superando o BB.

O Banco do Brasil anunciou que em 2016 obteve um lucro líquido de R$ 8,034 bilhões, 44,2% abaixo dos R$ 14,4 bilhões obtidos no ano anterior. No quarto trimestre, os ganhos somaram R$ 963 milhões, representando uma queda de 61,3% sobre o resultado de um ano antes. Na comparação entre o quarto e o terceiro trimestre de 2016, também houve um recuo de 57,1%, de acordo com o balanço da instituição.

Além disso, o Itaú Unibanco passou a ser o maior banco brasileiro em ativos no fim de 2016, superando o Banco do Brasil, segundo dados dos balanços publicados pelas instituições financeiras. O BB anunciou ter fechado o ano passado com R$ 1,401 trilhão em ativos, queda ante o R$ 1,448 trilhão do fim de setembro. Já os ativos do Itaú Unibanco subiram de R$ 1,399 trilhão para R$ 1,426 trilhão no período.

Para o diretor do Sindibancários/ES, Thiago Duda, tudo indica que a redução do lucro, que mesmo com a queda continua elevado, tenha sido impulsionada pela alta provisão de valor para operações de crédito duvidosa.

“Isso quer dizer que o BB aprovisiona dinheiro em virtude da inadimplência, para cobrir possíveis calotes. Entre os devedores estão grandes empresas, como a Oi. Quanto ao fato do Itaú passar a ser o maior banco brasileiro com ativos, isso é fruto de uma política cujo objetivo é utilizar os bancos públicos para garantir a expansão do mercado em favor do setor privado. Não é à toa a estreita relação – subordinada – entre o BB e o Bradesco, assim como não é sem propósito que o Banco Central tenha como presidente um executivo do Itaú. E a reestruturação, que tem como objetivo precarizar, terceirizar e privatizar, é uma das formas de fazer isso”, diz Thiago.

Segundo análise feita pelo Dieese, houve expressivo fechamento de postos de trabalho no BB em 2016. Isso se deve à adesão de mais de 9,4 mil trabalhadores ao Plano Extraordinário de Aposentadoria Incentivada (PEAI), anunciado em novembro. Foram extintos 8.569 postos de trabalho em doze meses e, com isso, o banco registrou um total de 100.622 trabalhadores em dezembro de 2016.O plano de reorganização institucional está sendo implementado e prevê o fechamento de 402 agências, com outras 379 passando a ser postos de atendimento.

Imprima
Imprimir