Bandes: Sindicato cobra negociação de PR

Na última quinta-feira, 30, o Sindicato dos Bancários/ES cobrou novamente a direção do Bandes sobre o pagamento da Participação nos Resultados referente à Campanha Salarial 2014. As negociações sobre o tema chegaram a um impasse na última reunião com o banco, no dia 23, uma vez que o Bandes insiste em aplicar um método de […]

Na última quinta-feira, 30, o Sindicato dos Bancários/ES cobrou novamente a direção do Bandes sobre o pagamento da Participação nos Resultados referente à Campanha Salarial 2014. As negociações sobre o tema chegaram a um impasse na última reunião com o banco, no dia 23, uma vez que o Bandes insiste em aplicar um método de distribuição que não atende igualmente a todos os empregados.

Segundo planilha de cálculos apresentada pelo banco, é possível verificar que a forma de pagamento divide os empregados em dois grupos, de modo que um será beneficiado em relação ao outro. Para garantir que não haja prejuízo a nenhum bancário, o Sindicato defende o pagamento da PR conforme regra da Fenaban, estabelecida na Convenção Coletiva de Trabalho específica sobre Participação nos Lucros e Resultados.

Além de estabelecer a regra de pagamento, a CCT estabelece, na cláusula segunda, que a antecipação da PLR deve ser feita até 10 dias após assinatura da Convenção Coletiva  com a Fenaban, o que aconteceu no dia 23 de outubro. Isso significa que todos os bancos, com excessão do Bandes, já efetuaram o pagamento da primeira parcela da PLR.

Imprima
Imprimir