Banescaixa é debatida em reunião entre Banestes, Sindibancários e a Caixa de Assistência

O assunto abordado na reunião foi o déficit da Banescaixa

Em reunião realizada na sexta-feira, 06, representantes do Sindicato dos Bancários/ES, do Banestes e da Banescaixa se reuniram para discutir sobre o plano de saúde, conforme garantido na cláusula 16ª do Acordo Coletivo 2016/2018, que estabeleceu a constituição de um grupo de estudos constituído por essas pessoas para análise de questões relativas à Caixa de Assistência, como formas de contribuição, entre outros.

De acordo com o coordenador geral do Sindicato dos Bancários/ES, Jonas Freire, o Sindicato defendeu que o plano deve voltar a ser solidário.

“Assim, o valor cobrado será por percentual. Também pedimos os dados financeiros a partir de quando o plano deixou de ser solidário, pois o que parece é que a partir daí a saúde financeira dele piorou. Uma prova disso são os reajustes apresentados todos os anos para garantir a manutenção do plano”, destaca Jonas.

Também foi debatido sobre a necessidade de buscar alternativas para grandes despesas, ou seja, para aqueles tratamentos mais caros, como os que envolvem longos períodos de internação em UTI, com valores que podem ultrapassar 600 mil. Além disso, o banco pediu ao Sindicato que apresentasse formas de contribuição e funcionamento de outros planos. O Sindicato vai averiguar como funcionam os planos de outros bancos, como os da Caixa e do BB.

Daqui a cerca de 15 a 20 dias o levantamento dos dados estará concluído e será marcada uma nova reunião.

Imprima
Imprimir