Banestes: quinta rodada de negociação debate condições de trabalho e segurança

O debate de segurança e condições de trabalho foi o foco da quinta rodada de negociação específica com o Banestes, realizada na tarde desta terça-feira, 16. Com a reunião, a minuta da categoria foi integralmente debatida com o banco, que não apresentou contraproposta, mas se comprometeu a avaliar as reivindicações. Uma nova rodada já está […]

O debate de segurança e condições de trabalho foi o foco da quinta rodada de negociação específica com o Banestes, realizada na tarde desta terça-feira, 16. Com a reunião, a minuta da categoria foi integralmente debatida com o banco, que não apresentou contraproposta, mas se comprometeu a avaliar as reivindicações. Uma nova rodada já está agendada para a próxima quinta-feira, 18.

“Uma vez que a minuta já foi toda discutida, esperamos que o banco apresente propostas concretas à categoria que atendam aos anseios dos empregados do Banestes”, avalia Jessé Alvarenga, diretor do Sindicato dos Bancários/ES, que integra a reunião de negociação dos banestianos.

Destaques

Em relação à segurança bancária, o Sindicato cobrou a instalação das portas giratórias no acesso às áreas de auto-atendimento, a fim de garantir mais segurança para os empregados e usuários do banco. Os representantes do Banestes disseram que vêem a proposta com bons olhos e que o tema será analisado.

Outro ponto de destaque foi o combate ao assédio moral. O Sindicato enfatizou a importância de dar ao assediado garantias como a estabilidade no emprego a partir da denúncia de assédio, até que perdure investigação, conforme estabelece a cláusula 49ª da minuta. A mesma reivindicação foi feita para os casos de assédio sexual, como consta na cláusula 50º.

O Sindicato também reivindicou a complementação de salário para os bancários aposentados e afastados do trabalho pelo INSS por motivo de saúde, bem como o afastamento da caixa gestante do guichê a partir do sétimo mês de gestação, sem prejuízo da sua remuneração, até que ela possa usufruir da licença-maternidade. O banco se comprometeu em avaliar as propostas.

Acesse a minuta de reivindicação dos banestianos

 Veja como foram as rodadas de negociação anteriores

Campanha Salarial: Banestes garante aumento no percentual de contribuição da Baneses de 7 para 9%

Terceira rodada de negociação com Banestes termina sem avanços

Campanha Salarial: Banestes se recusa a negociar perdas acumuladas

Banescaixa é destaque na primeira rodada de negociação com Banestes

 

Imprima
Imprimir