Banestes tem nova alta nos lucros mas mantém desvalorização da categoria

O Banestes anunciou um aumento de 22,1% no lucro do último trimestre, comparado ao mesmo período de 2013. Entre julho e setembro deste ano, o banco capixaba lucrou R$34 milhões e no total acumulado do ano o saldo positivo chega a R$ 101,8 milhões. Apesar do contínuo e elevado crescimento do Banestes, os bancários ainda […]

O Banestes anunciou um aumento de 22,1% no lucro do último trimestre, comparado ao mesmo período de 2013. Entre julho e setembro deste ano, o banco capixaba lucrou R$34 milhões e no total acumulado do ano o saldo positivo chega a R$ 101,8 milhões. Apesar do contínuo e elevado crescimento do Banestes, os bancários ainda enfrentam a intransigência do banco na luta por um plano de cargos e salários que contemple toda a categoria.

Sem dialogar com os funcionários e o Sindicato dos Bancários/ES, o Banestes anunciou para o próximo mês de janeiro a implantação do Plano Salto, um plano de cargos e salários. Mesmo com altos lucros, o banco impõe um plano que não valoriza o tempo de casa dos funcionários mais antigos.

“O Banestes tem condições de elaborar e oferecer um plano de cargos e salários que contemple todos os bancários, repondo, principalmente, as perdas acumuladas. Os funcionários mais antigos foram totalmente descartados e não serão beneficiados em nada com esse plano. Infelizmente, o banco se nega a dialogar e deixa claro que não reconhece que os altos lucros são resultado do trabalho e dedicação dos bancários”, destaca o diretor do Sindibancários/ES e bancário do Banestes, Jessé Alvarenga.

O Banestes também teve um crescimento no número de contas, passando de 768.144 contas correntes em setembro de 2013 para 807.425 em setembro deste ano. Nas contas poupança, o banco também teve um crescimento de 5,7% e hoje possui 411.979 contas desse tipo de aplicação. “É importante destacar que, apesar da desvalorização que sofrem por parte do banco, os funcionários e funcionárias se dedicam ao seu trabalho e o lucro obtido pelo Banestes é fruto dessa dedicação”, afirma o diretor do Sindicato, Jonas Freire.

Imprima
Imprimir