Caixa 157 anos: trabalhadores fazem ato nesta sexta (12)

Vista a camisa da campanha Defenda a Caixa Você Também!

A Caixa Econômica Federal completa 157 anos nesta sexta-feira, dia 2, e diversas mobilizações ocorrerão pelo país em defesa desse banco 100% público e pela valorização dos empregados. O Sindicato dos Bancários/ES convoca a todos os trabalhadores e trabalhadoras da Caixa para vestir a camisa da campanha Defenda a Caixa Você Também.

O objetivo da ação sindical é lutar contra os desmontes que estão sendo feitos pelo atual governo, como fechamento de agências, redução de funcionários, extinção de departamentos e redução de programas sociais, entre outras medidas de reestruturação.

“Nesses 157 anos temos pouco a comemorar. Apesar de toda contribuição da Caixa para o desenvolvimento social do país e combate à desigualdade social, os governantes querem vender esta empresa que, além de lucrativa, é o principal instrumento de políticas públicas, como casa própria, saneamento básico, esporte e programas sociais, como Bolsa Família, Minha Casa, Minha Vida, Fies, entre outros”, afirma Rita Lima, diretora do Sindibancários/ES.

Considerado um banco lucrativo e fundamental para o desenvolvimento do país, a Caixa sofre muitos ataques do governo Temer. Entre as medidas de reestruturação estão a diminuição da oferta de crédito e dos altos juros que chegaram ao patamar dos bancos privados, além da redução do corpo funcional. Até dezembro do ano passado, a instituição financeira fechou 7.315 postos de trabalho em todo país. O governo também vem reduzindo a estrutura administrativa, fechando departamentos e agências e desligando empregados – tudo para deixar o banco enxuto para uma possível venda.

“Nesse dia de aniversário da Caixa parabenizamos a todos os seus trabalhadores e trabalhadoras. São eles que constroem essa empresa 100% pública. Por isso, convocamos os empregados a defender o banco dos ataques do capital e desse governo”, destaca Rita Lima.

A Caixa é responsável por 70% dos financiamentos habitacionais no país, com 355 mil unidades só em 2016. Nos primeiros meses de 2017, o lucro líquido foi de R$ 6,2 bilhões, um crescimento de 84,5% na comparação com o mesmo período de 2016. Hoje, está presente em todo o país com 3.412 agências e 57 mil pontos de atendimento.

Imprima
Imprimir