Caixa lança projeto que permite abertura de contas por celular

Maior banco público do país adota políticas que pioram as condições de trabalho e distanciam população mais carente

A Caixa lançou nesta semana o projeto piloto de um novo aplicativo que permite a abertura de conta para cliente pessoa jurídica por meio do celular. A medida faz parte do pacote da gestão de Occhi de direcionar cada vez mais o maior banco público do país para o mercado, com o fechamento de agências e aumento da sobrecarga de trabalho dos bancários e bancárias.

Inicialmente, o aplicativo está disponível apenas para os empregados do banco realizarem o teste, para depois ser liberado para os clientes. O discurso do banco é de que essa inovação irá trazer comodidade aos clientes e agilidade no atendimento. No entanto, o que está por trás desse “avanço” é a intensificação de uma política de atendimento aos clientes por meios eletrônicos, que tem como principal consequência a sobrecarga para os funcionários e a expulsão da população de baixa renda do banco.

Em todo o Brasil, as agências continuam lotadas de clientes, enquanto a Caixa sofre um dos maiores processos de esvaziamento de empregados das últimas décadas.

“Além da Caixa lançar este projeto muito depois das outras instituições financeiras, inclusive com algumas revendo a estratégia, ela promove mais um ataque aos bancários da instituição. É um ponto a mais no desmonte que a caixa vem sofrendo, que acaba por não realizar novas contratações e causar um distanciamento com a própria população, que não possui ainda acesso integral à tecnologias para realizar estas atividades”, avalia Lizandre Borges, diretora do Sindibancários/ES.

Imprima
Imprimir