Centrais sindicais preparam nova greve geral para final de junho

A data será confirmada, mas o indicativo é que a greve aconteça entre os dias 26 e 30 de junho. A expectativa é que a próxima greve geral seja ainda maior do que a realizada no dia 28 de abril.

Em reunião nesta segunda-feira, 29, as centrais sindicais confirmaram a realização de uma nova greve geral contra as reformas do governo Temer. A data será confirmada, mas o indicativo é que a greve aconteça entre os dias 26 e 30 de junho.  A decisão deve sair na próxima segunda-feira (5), quando os dirigentes voltarão a se reunir, em São Paulo.

Durante a reunião, que envolveu nove centrais sindicais, foi feito um balanço positivo do Ocupa Brasília, realizado no último dia 24, e foram discutidas ações contra as reformas trabalhista e da previdência.

Com manifestações crescentes em todo o País em oposição ao governo Temer e às reformas neoliberais, a expectativa é que a próxima greve geral seja ainda maior do que a realizada no dia 28 de abril, que paralisou as principais cidades brasileiras.

Imprima
Imprimir