Centrais sindicais se reúnem e fortalecem organização da Greve Geral

Plenária foi realizada na noite dessa segunda-feira, 07, e reuniu centrais sindicais e movimento sociais na organização da Greve Geral do dia 28 de abril. Paralisação será nacional


Centrais sindicais e movimentos sociais se reuniram na noite dessa segunda-feira, 17, no Centro Sindical dos Bancários, para discutir e organizar a mobilização para a Greve Geral, no próximo dia 28 de abril. Panfletagem nas feiras da Grande Vitória e assembleias de diversas categorias estão previstas para esta semana. A paralisação será nacional em protesto contra as reformas trabalhista, da Previdência e a terceirização.

Previstas para serem votadas ainda neste mês, as propostas de reformas trabalhista e da Previdência representam o fim da Consolidação das Leis dos Trabalho (CLT), impondo a todos os trabalhadores brasileiros uma péssima qualidade de vida.

“Convocamos todos os bancários e bancárias a participarem dessa luta junto com toda a classe trabalhadora. Vivemos um momento que exige nossa organização e mobilização, pois os direitos conquistados pelos trabalhadores nos últimos 70 anos estão sob forte ataque desse governo e da maioria do Congresso. Por trás do financiamento de campanhas eleitorais por parte dos bancos e das grandes empresas está, além do enriquecimento ilícito, o claro objetivo dessas corporações em pressionar a aprovação de projetos de retiradas de direitos trabalhistas. Precisamos lutar contra essas organizações criminosas e garantir nossos direitos”, enfatiza o coordenador geral do Sindibancários/ES, Jonas Freire.

Em todo o Brasil, as centrais sindicais e movimentos sociais estão unidos na organização da Greve Geral. “Essa é a hora de união de todos os trabalhadores para resistir e barrar essa ofensiva contra nossos direitos. Dia 28 de abril vamos à luta para pressionar o arquivamento dessas propostas”, destaca o dirigente da Intersindical, Idelmar Casagrande.

Hoje tem assembleia dos bancários capixabas

Nesta terça-feira, 18, bancários e bancárias capixabas se reúnem em assembleia geral, às 18 horas, no Centro Sindical dos Bancários, para aprovar a adesão àgreve no dia 28 de abril. A convocação também está sendo feita nacionalmente pelos demais sindicatos da categoria.

Imprima
Imprimir