Chapa 4 disputa eleição e propõe novo rumo no Saúde Caixa

Funcionários ativos e aposentados da Caixa Econômica Federal podem votar e escolher os seus representantes para o Conselho de Usuários do Saúde Caixa. Para garantir uma representatividade efetiva, a “Chapa 4 por um Novo Rumo no Saúde Caixa” apresenta as melhores propostas. Composta por representantes de vários estados brasileiros, a Chapa 4 tem como principal […]

Funcionários ativos e aposentados da Caixa Econômica Federal podem votar e escolher os seus representantes para o Conselho de Usuários do Saúde Caixa. Para garantir uma representatividade efetiva, a “Chapa 4 por um Novo Rumo no Saúde Caixa” apresenta as melhores propostas. Composta por representantes de vários estados brasileiros, a Chapa 4 tem como principal objetivo lutar por um plano com administração transparente, com ampla rede de credenciados e que atenda a todos.

Burocracia que atrasa o atendimento, rotatividade de médicos e escassez de hospitais e clínicas credenciados estão entre os principais problemas do Saúde Caixa. Segundo a Agência Nacional de Saúde (ANS), o Saúde Caixa é o 10º pior plano do país. É para mudar essa realidade e garantir que um atendimento adequado e de qualidade aos funcionários esteja em primeiro lugar na gestão do plano de saúde, que a Chapa 4 entra nessa disputa.

Dentre as principais propostas, a Chapa 4 irá lutar pela ampliação da cobertura dos serviços de saúde, com atualização de tratamentos e especialidades tão logo regulamentados pela ANS. O retorno do Saúde Caixa para os aposentados de Planos de Aposentadoria e Demissão Voluntárias (PADV) e a criação de modalidade de dependente para pai e mãe também são compromissos da Chapa 4.

E para garantir a transparência na gestão, as propostas são: realização de auditorias periódicas nas contas e na gestão do sistema; divulgação ampla obrigatória do balanço anual; auditoria específica e obrigatória do balanço anual; informativo mensal; site com informações atualizadas; substituição das empresas terceirizadas que realizam perícias , auditorias e autorizações de procedimentos por empregados da Caixa.
Com mandato de 36 meses, os conselheiros eleitos não recebem nenhum benefício ou gratificação pela participação no Conselho de Usuários. Componente da Chapa 4 e da cidade de Vitória, Espírito Santo, Vinícius de Moraes Moreira da Silva, fala sobre a importância de participar do Conselho.
“O Conselho de Usuários é o canal direto para negociar as demandas dos funcionários com o plano. É lá que vamos lutar por melhorias e por um atendimento de qualidade. E a cada dia temos mais funcionários adoecendo na Caixa Econômica, seja por cobrança para bater metas ou por exaustão diante do excesso de trabalho. Portanto, principalmente nesse contexto, é essencial ter um plano de saúde que realmente seja bom e que se preocupe, de fato, com a saúde do trabalhador”, destaca.
A Chapa 4 também é composta pela aposentada Célia Margit Zingler, de Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul. “Queremos que Caixa Econômica faça uma gestão profissional do plano Saúde Caixa, para que seja melhor e atenda plenamente as necessidades dos usuários”.

Saiba como votar

A votação será realizada de 27 a 31 de janeiro. Podem votar funcionários efetivos e aposentados. Para votar, os empregados efetivos devem acessar o sistema de comunicação da Caixa, no endereço eletrônico www.gesad.mz.caixa/eleicao. Já os aposentados, a orientação é para que se dirijam a uma unidade da Caixa com o documento de identificação com foto e o número do cartão do Saúde Caixa ou da matrícula.

Imprima
Imprimir