Com apoio do Sindicato, vereadores de Aracruz cobram permanência do Banestes em Barra do Riacho

Fechamento da unidade está previsto para a próxima sexta-feira. Grupo de vereadores se reuniu com o presidente da Assembleia Legislativa para cobrar a permanência do posto, única unidade bancária para atender a população de Barra do Riacho, Barra do Sahy e Cachoeirinha, além outras localidades do entorno.

O Sindicato dos Bancários/ES acompanhou reunião na tarde desta terça-feira, 09, com o presidente da Assembleia Legislativa, Erick Musso (PMDB), e vereadores do município de Aracruz para tratar do fechamento do Posto de Atendimento do Banestes em Barra do Riacho, previsto para a próxima sexta-feira. Os vereadores querem a permanência do posto no local e solicitaram a intercessão do deputado, cuja base eleitoral é no município.

A reunião foi articulada por seis parlamentares que representam parte dos distritos litorâneos de Aracruz: Paulo Flávio, Mônica Cordeiro, Romildo Broetto, Carlinhos do Josiel e Dileuza Marins. O Sindibancários/ES esteve em Barra do Riacho nas últimas semanas para conversar com a comunidade e com lideranças locais sobre a importância de manter o posto do Banestes.

O posto de Barra do Riacho é a única unidade bancária a atender os moradores da região, incluindo os distritos de Vila do Riacho, Barra do Sahy e Cachoeirinha. A agência do Banestes mais próxima fica no centro de Aracruz, a 26 km de Barra do Riacho, e a 33 km de Vila do Riacho. Nas comunidades citadas também não há atendimento de outros bancos.

Na reunião com o presidente da ALES os vereadores destacaram os prejuízos do fechamento da unidade, entre eles, o tempo de deslocamento até a agência mais próxima, o custo com passagem e o aumento da insegurança para os que precisam fazer saques ou pagamento de contas com dinheiro.

O Sindicato dos Bancários ponderou que o fechamento do Banestes significa menos movimentação financeira e menos emprego na região. Além disso, a redução do número de postos e agências faz parte de uma política de enfraquecimento do banco, que pode culminar numa futura privatização.

Debate com a comunidade

Uma reunião com a comunidade foi agendada para esta quarta-feira, 10, às 18 horas, no Centro de Saúde de Barra do Riacho, em frente ao Posto de Atendimento do Banestes ,  para discutir o tema. A presença de representantes do banco foi requisitada. Também nesta quarta, o Sindibancários/ES organiza junto aos moradores de Barra do Riacho um ato público para dialogar com a população e buscar apoio à luta contra o fechamento do posto.

Banestes e o desenvolvimento regional

O Banestes é único banco presente em todo o Espírito Santo e tem uma importância estratégica para o desenvolvimento capixaba. É nele que produtores rurais, comerciantes, empresas e a população em geral conseguem crédito e fazem suas movimentações financeiras. Por ser um banco público e estadual, o Banestes tem a capacidade de investir os lucros retidos (mais de R$ 103 milhões em 2016) na economia das microrregiões de todo o Estado, tanto na melhoria e na expansão da rede de atendimento, como na abertura de linhas de financiamento para pequenos e médios agricultores e empresários.

Para o Sindicato, para que o Banestes cumpra o seu papel como banco público ele precisa ampliar a sua capacidade de atendimento, e não reduzir.

Imprima
Imprimir