Com intervenção teatral, Sindicato debate assédio sexual nas agências da Grande Vitória

Como parte do calendário de lutas da Campanha Nacional dos Bancários 2014, o Sindicato dos Bancários/ES realizou na manhã nesta terça-feira, 09, ações sindicais em agências da Serra e de Vitória para denunciar o assédio sexual nos bancos, pauta que integra da minuta de reivindicações da categoria no eixo de igualdade de oportunidades. De forma […]

Como parte do calendário de lutas da Campanha Nacional dos Bancários 2014, o Sindicato dos Bancários/ES realizou na manhã nesta terça-feira, 09, ações sindicais em agências da Serra e de Vitória para denunciar o assédio sexual nos bancos, pauta que integra da minuta de reivindicações da categoria no eixo de igualdade de oportunidades.

De forma provocativa e lúdica, o tema foi abordado por meio de uma esquete teatral apresentada nas agências. O Sindicato distribuiu as cartilhas da campanha nacional contra o assédio sexual nos bancos e falou sobre outras pautas da categoria, como falta de condições de trabalho, cobrança de metas e assédio moral.

“As bancárias se identificaram com a intervenção teatral e com o debate apresentado. Muitas vezes a prática do assédio sexual é velada, e a cartilha é um instrumento para que as mulheres consigam romper o silêncio e denunciar essa violência”, diz Lucimar Barbosa, diretora do Sindicato dos Bancários/ES.

Lucimar destaca que, quase sempre, o assédio sexual vem acompanhado de outras formas de desrespeito. “Quando não se concretiza, o assédio sexual é transformado em assédio moral, e a trabalhadora acaba sendo perseguida de outras maneiras”.

As ações sindicais aconteceram nas agências do Itaú Reta da Penha, Bradesco Carapina e Banco do Brasil, em Laranjeiras. Amanhã, uma nova rodada de ações acontecerá em agências de Vila Velha.

 

Veja outras fotos da Ação Sindical

 MG 1131   MG 1106    MG 1108   MG 1126

 

Imprima
Imprimir