Começa nesta quarta a última rodada de negociação com a Fenaban, com tema Remuneração

Nesta quarta-feira, 10, tem início a quarta e última rodada do calendário de negociação entre o Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), que terá prosseguimento na quinta-feira, 11. Desta vez o tema em pauta será Remuneração. Entre as reivindicações dos bancários estão reajuste de R$ 12,5%, PLR de três salários […]

Nesta quarta-feira, 10, tem início a quarta e última rodada do calendário de negociação entre o Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), que terá prosseguimento na quinta-feira, 11. Desta vez o tema em pauta será Remuneração. Entre as reivindicações dos bancários estão reajuste de R$ 12,5%, PLR de três salários mais R$ 6.247 e piso equivalente ao salário mínimo do Dieese, de R$ 2.979,25.

Nas últimas rodadas a postura da Fenaban foi de negativa às reivindicações da categoria. A expectativa é de que, nesta quarta rodada, os banqueiros apresentem ao menos uma contraproposta. “Até o momento os banqueiros não demonstraram nenhum respeito com os trabalhadores e trabalhadoras bancárias, rejeitando praticamente todas as propostas da categoria. Esperamos que a Fenaban apresente finalmente uma contraproposta e que haja avanços na negociação”, diz o coordenador geral do Sindicato dos Bancários/ES e representante do Espírito Santo no Comando Nacional da categoria.

Resultado parcial das negociações

Nas três primeiras rodadas de negociação foram debatidos os temas de saúde e condições de trabalho, segurança bancária, igualdade de oportunidades e emprego. Durante a primeira rodada, ocorrida nos dias 19 e 20 de agosto, em São Paulo, a Fenaban se negou a discutir a forma de gestão das instituições financeiras, principalmente no que se refere às metas e ao assédio moral.

Nos dias 27 e 28 do mesmo mês aconteceu a segunda rodada de negociação, na qual houve conquista apenas em relação à cláusula 72, que trata do assédio sexual nos bancos. Para combater esse problema, a Fenaban aceitou realizar uma campanha conjunta com as entidades sindicais, por meio de distribuição de cartilhas, realização de debates e palestras. Contudo, a Fenaban se negou a incluir na Convenção Coletiva de Trabalho a cláusula da minuta de reivindicações da categoria sobre o tema.

Na terceira rodada de negociação, que terminou no dia 4 de setembro, os bancos novamente se negaram a atender as reivindicações de emprego, que incluem o fim das demissões e da rotatividade, mais contratações, proibição às dispensas imotivadas, aumento da inclusão bancária e combate às terceirizações.

Plenárias

Após a rodada da mesa única com a Fenaban, nesta quinta-feira, 11, o Sindicato/ES realiza plenárias em todo o Estado para avaliar as rodadas de negociação da Campanha Salarial 2014 e traçar as estratégias de mobilização da categoria. As atividades serão realizadas de maneira concomitante na sede do Sindicato, em Vitória, e nos municípios do interior onde há subsedes da entidade – Colatina, Linhares e Cachoeiro de Itapemirim. Todas terão início às 18 horas.

“Contamos com a mobilização da categoria para garantir que nossas reivindicações sejam atendidas. Só com mobilização e unidade conseguiremos avanços na Campanha Nacional dos Bancários. As plenárias serão fundamentais para avaliar coletivamente o processo negocial e traçar nossas estratégias”, diz Carlão.

Onde serão as plenárias 

-Vitória
Auditório do Sindicato (Rua Wilson Freitas, 93, Centro)

-Linhares

Local: Escola Bartovino Costa (Rua Jones Santos Neves, Centro)

Contato da Subsede: (27) 3371-0092/ linhares@bancarios-es.org.br

-Colatina
Local: Subsede do Sindicato (Rua Geraldo Pereira, 194,salas 406 e 408,Centro)
Contato da Subsede: (27) 3722-2647 / e-mail: colatina@bancarios-es.org.br

-Cachoeiro de Itapemirim
Local: Subsede do Sindicato (Rua Coronel Francisco Braga, 71,Ed. Itapoã,Sala 1105,Centro)
Contato da Subsede: (28) 3522-7975 / e-mail: cachoeiro@bancarios-es.org.br

Imprima
Imprimir