Começa nesta quarta oficina de Canto Coral

As aulas serão ministradas pelo professor Fabrício Miyakawa, que é cantor, compositor, multi-instrumentista e regente de corais. O valor é R$ 40,00 mensais e não há limite de vagas.

O Sindicato dos Bancários/ES está prestes a formar o seu primeiro coral. O pontapé inicial será dado nesta quarta-feira, 08, com a aula inaugural da oficina de Canto Coral, que será realizada das 19h às 21h, no auditório da entidade. As aulas serão ministradas pelo professor de canto e teoria musical Fabrício Miyakawa.

Fabrício é cantor, compositor, multi-instrumentista e regente de corais. Estudou canto lírico e licenciatura em música e participou como cantor solista de vários grupos vocais do Espírito Santo, como Coral da Ufes e a Orquestra Filarmônica. Além disso, foi ganhador da terceira edição do festival “Vitória em Canto” com a música “Lobo Mau”.

A diretora do Sindicato dos Bancários/ES, Lucimar Barbosa, destaca a importância da prática do canto. “O canto proporciona o desenvolvimento da voz, da respiração e da memória auditiva. É um excelente meio de aprimorar a capacidade linguística e o domínio da expressão. E a oficina também tem como objetivo promover a integração entre seus participantes, melhorando o relacionamento interpessoal e social e desenvolvendo o espírito de equipe. Como diz o ditado popular, ‘quem canta seus males espanta’. Não tem lugar para a depressão e o stress”, afirma Lucimar.

Para quem tem interesse de participar mas ainda não se inscreveu, aí vai uma boa notícia: a oficina não tem um limite de participantes e quem quiser ainda pode se inscrever! As aulas acontecerão às quartas-feiras, das 19h às 21h. O valor mensal é de R$ 40,00.

O oficina de canto coral faz parte da Agenda Cultural do Sindibancários/ES 2016, que traz também como proposta de formação oficina de fotografia e dança de salão.

Imprima
Imprimir