Congresso Estadual será transmitido ao vivo pela internet

Nesta sexta-feira, 26, tem início o V Congresso Estadual das Bancárias e dos Bancários e será transmitidoao vivo pela internet a partir das 9 horas. O link será disponibilizado aqui no site e na nossa fanpage. Após a abertura solene e a votação do regimento interno, acontece, às 9h30, o painel “Os desafios da esquerda […]

Nesta sexta-feira, 26, tem início o V Congresso Estadual das Bancárias e dos Bancários e será transmitidoao vivo pela internet a partir das 9 horas. O link será disponibilizado aqui no site e na nossa fanpage.

Após a abertura solene e a votação do regimento interno, acontece, às 9h30, o painel “Os desafios da esquerda e da classe trabalhadora frente à crise política e econômica no Brasil”. Debatem nessa mesa Mauro Luís Iasi, educador popular, cientista político, doutor em História pela Universidade de São Paulo (USP), professor da escola de Serviço Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e militante do Partido Comunista Brasileiro, e Samer Siman, economista, mestrando em política social pela Ufes e militante das Brigadas Populares.

O período da tarde será dedicado ao debate sobre o “PL 4330: os riscos da terceirização para os trabalhadores e para a organização sindical”. Os expositores são Lívia Moraes, socióloga do Trabalho e pós-doutoranda em Política Social da Ufes, e André Moreira, advogado trabalhista, diretor do Sindicato dos Advogados, presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB/ES no período de 2003 a 2009 e conselheiro Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente de 2009 a 2011.

A última atividade do dia é a discussão e aprovação das diretrizes da gestão 2015-2018, a partir das 17h30.

Gênero

No sábado, o evento começa com a discussão de gênero. Às 9 horas acontece o painel “A violência contra as mulheres na sociedade e no trabalho bancário”.  Foram convidadas a falar sobre o tema Zilmar Alverita, mestra em Estudos Interdisciplinares sobre Mulher, Gênero e Feminismo (PPGNEIM/UFBA) e doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS/UFBA), e Deise Recoaro, bancária do Santander, integrante do Coletivo de Gênero, Raça e Orientação Sexual da Contraf e ex-secretária de Mulheres da Contraf.

A programação segue com os congressos específicos. Os bancários do Banestes e do Bandes vão discutir as minutas específicas da Campanha Salarial 2015, estratégias e plano de luta em defesa do banco público. Os bancários dos bancos privados vão debater, além da pauta de reivindicações, a dívida pública brasileira.

Os empregados da Caixa e do Banco do Brasil, que já realizaram seus eventos estaduais e nacionais para deliberar sobre reivindicações específicas para a Campanha 2015, vão tratar de outros temas: condições de trabalho, organização no local de trabalho e Cassi.

Domingo

O congresso vai até domingo. Às 9 horas acontece a plenária final, com discussão e votação da minuta geral da Campanha Salarial 2015; referendo das minutas específicas (índice, eixos, estratégias e mobilização da categoria) e votação de moções.

Imprima
Imprimir

Comentários