Conheça reivindicações específicas dos bancários do Bandes na CS 2016

A minuta foi debatida na Conferência Estadual dos Bancários, realizada de 20 a 22 de maio em Nova Almeida, Serra.

As principais reivindicações dos empregados do Bandes na Campanha Salarial 2016 serão: revisão do Plano de Carreira; ampliação do prazo de recebimento do auxílio-doença de 24 para 30 meses; aumento do aviso prévio indenizado, com pagamento de mais um salário aos empregados com mais de 25 anos de carreira; reajuste dos tíquetes alimentação e refeição; ampliação do percentual de contribuição do banco à PGBL (plano de previdência privada) de 10% para 12%, e possibilidade de saque integral do benefício para compra de imóvel, nas regras do FGTS, além de piso salarial do Dieese acrescido de 25% de gratificação, totalizando R$ 4.645,96.

A minuta foi debatida na Conferência Estadual dos Bancários, realizada de 20 a 22 de maio em Nova Almeida, Serra, e adendada após reunião com os delegados sindicais do Bandes.

Na avaliação de Ivaldo Albano, diretor do Sindicato e bancário do Bandes, a última Campanha Salarial foi marcada por um contexto de crise que impactou as negociações e a mobilização da categoria, e será necessário reunificar os empregados para arrancar conquistas maiores em 2016.

“Em 2015 sofremos forte pressão da empresa para que não aderíssemos à greve. Resistimos e mesmo assim paramos. Neste ano vamos precisar unir forças, ampliar nossa greve para tensionar uma negociação pela base”, diz Ivaldo.

Imprima
Imprimir