Conselho de Administração: Sindicato apoia Chapa 1

Bancários capixabas estão com a Maria Rita Serrano e Orency Francisco no segundo turno da eleição para representante dos empregados

O segundo turno das eleições para o Conselho de Administração da Caixa está definido. Concorrem à representação dos empregados a Chapa 25 e a Chapa 1 – Defender os Empregados é Defender a Caixa. Os bancários capixabas, além de entidades representativas para os bancários da Caixa estão com Maria Rita e Orency. O próximo turno acontecerá de 16 a 20 de janeiro.

O Sindicato dos Bancários do Espírito Santo apoia a Chapa 1 no segundo turno, composta por Maria Rita Serrano (titular) e Orency Francisco (suplente), e segue o movimento de entidades chave para a defesa dos empregados da Caixa com o ajuste fiscal, entre elas a Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa (Fenae) e as Associações de Pessoal da Caixa (APCEFs), que decidiram pelo apoio à chapa no Conselho Deliberativo Nacional (CDN).

“Apostamos na Chapa 1 nesse momento como melhor opção para os bancários brasileiros. Temos construído o movimento em defesa da Caixa 100% Pública ao lado de Rita e Orency há muitos anos e, com as subsequentes ameaças do governo golpista, precisamos mais do que nunca estamos unidos em defesa dos empregados, dos bancos públicos e da democracia brasileira”, explica Rita Lima, diretora do Sindicato.

A Chapa 49 – Caixa 100% Pública, apoiada pelo Sindibancários/ES, teve 2209 votos no primeiro turno. A Chapa 1 totalizou 6120 e a Chapa 25, em primeiro lugar, com 6718 votos.

O presidente da Fenae, Jair Pedro Ferreira, lembra que essa é sempre uma eleição muito disputada. “Sobretudo em razão do número de chapas inscritas. Agora, no segundo turno, os colegas do banco têm duas opções. Entendemos que a Chapa 1 é a melhor, pois Rita Serrano e Orency Francisco vão representar toda a categoria e têm histórico de luta em defesa dos direitos dos trabalhadores e da Caixa 100% pública”, afirma.

Ainda de acordo com Jair Ferreira, a Diretoria Executiva da Fenae e a maioria do Conselho Deliberativo Nacional da entidade, formado pelos presidentes das 27 Apcefs estão com a Chapa 1. A decisão foi tomada em reunião realizada no dia 1º de dezembro. “É essencial que os empregados entendam a importância de exercer esse direito. No primeiro turno, tivemos um percentual baixo de participação”, acrescenta o presidente da Fenae.

Com informações da Fenae.

 

 

 

Imprima
Imprimir