Convenção Coletiva e acordos aditivos com o BB e a Caixa são assinados

Acordo bianual prevê 8% de reajuste mais abono de R$3,5 mil, ainda em 2016. Bancos têm até 10 dias para creditar a antecipação da PLR e o abono

Nessa quinta-feira, 13, a Contraf, federações e sindicatos assinaram com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) 2016-2018, em São Paulo As entidades sindicais assinaram também os acordos aditivos específicos com o Banco do Brasil e a Caixa.

Com a assinatura da CCT e dos Acordos Específicos, os bancos têm até 10 dias para creditar a antecipação da PLR e o abono de R$ 3,5 mil. Na Caixa, os valores serão pagos até o dia 20 de outubro. O acordo bianual e prevê 8% de reajuste mais abono de R$3,5 mil, agora em 2016, além de correção de 15% no vale-alimentação e 10% no vale-refeição e no auxílio creche/babá. Para 2017 os bancários asseguraram reposição integral da inflação (INPC/IBGE) mais 1% de aumento real.

Foi a resistência da categoria bancária, após uma greve histórica de 31 dias, que garantiu importantes pontos no acordo, como o abono dos dias parados, ampliação da licença paternidade de 5 para 20 dias, manutenção do vale-cultura, de acordo com a lei federal, além do modelo de correção bianual também para a Participação nos Lucros e Resultados (PLR).

assinatura-cct_-2016-2018

Idelmar Casagrande participou da assinatura da Convenção Coletiva nessa quinta-feira, 13

No entanto, as cláusulas econômicas acordadas impõe perdas à categoria, como destaca o diretor do Sindibancários/ES e representante da Intersindical no Comando Nacional, Idelmar Casagrande.  “A proposta é insuficiente diante do lucro dos bancos, não repõe a inflação, mas enfrentamos um sistema financeiro fortalecido, apoiado por um governo ilegítimo, que queria nos impor uma derrota exemplar, e conseguimos resistir. Nesse aspecto, fomos vitoriosos. Temos que continuar unidos para enfrentar as ameaças que estão por vir, aos direitos dos bancários e de todos os trabalhadores”.

Em breve, a CCT e os Acordos Aditivos estarão publicados no nosso site, na página “Convenções”.

Com informações da Contraf

Imprima
Imprimir