Cursos da Universidade Caixa aumentam pontuação na Promoção por Mérito

Empregados devem ficar atentos aos critérios obejtivos e ao prazo para se tornarem habilitados para a Promoção por Mérito e conseguirem até dois deltas no cargo efetivo

Os bancários e bancárias da Caixa têm até 31 de dezembro para cumprir os requisitos objetivos e, assim, ficarem aptos a pleitear a Promoção por Mérito para o Ano Base 2016. Por meio da Promoção por Mérito os trabalhadores e trabalhadoras podem conseguir até dois deltas no cargo efetivo, cuja concessão e o pagamento em folha acontecerão até fevereiro de 2017, retroativa a janeiro do mesmo ano. Uma das formas de conseguir uma boa pontuação é por meio dos cursos da Universidade Caixa.

O critério Horas de Capacitação, que contempla funcionários que se enquadram no grupo “Em Exercício na Caixa”, considera até 30 horas de ações educacionais a distância realizadas ao longo de 2016 e cadastradas no currículo da Universidade Caixa até 31 de dezembro de 2016, contemplando ações a distância oferecidas no Portal da Universidade Caixa ou Rodas de Diálogo do Programa “Equipe que Aprende”. São considerados válidos para a pontuação do critério Horas de Capacitação os cursos registrados na modalidade “treinamento” na metodologia “a distância” ou “Equipe que Aprende”.

“A Promoção por Mérito, bem como os cursos da Universidade Caixa, são conquistas dos trabalhadores. É importante que os bancários e bancárias aproveitem o resto do ano para fazer os cursos e aumentar a pontuação”, diz a diretora do Sindicato dos Bancários/ES, Lizandre Borges.

Podem concorrer à Promoção por Mérito empregados e empregadas ativos em 1º de janeiro de 2017, admitidos até 05 de julho de 2016. Eles devem pertencer às carreiras administrativa, profissional, e de serviços gerais, independente do Plano de Cargos e Salários ao qual estão vinculados, inclusive aqueles e aqueles que estão cedidos, liberados ou que foram requisitados por entidades sindicais.

A Promoção por Mérito tem como base uma sistemática que contempla vários critérios, regras e etapas. As regras são aplicadas em três grupos distintos: Em Exercício na Caixa (empregado vinculado à unidade de lotação ativa em 31 dezembro de 2016), Cedido/Requisitado (empregado cedido ou requisitado para órgãos ou entidades dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios ou à Funcef – OR 090) e liberado para entidade sindical (empregado liberado para exercer cargo de administração sindical em Entidade Sindical de Bancários – RH 202).

Critérios de pontuação

Para acumular pontos ao longo de toda a sistemática, serão considerados três critérios de pontuação, o Objetivo, que contempla frequência ao trabalho (0 a 15 pontos), PCMSO (0 a 5 pontos) e Horas de Capacitação (0 a 20 pontos); Subjetivo, do qual faz parte a indicação de empregado (0 a 20 pontos) e Pontuação Extra, com iniciativas de autodesenvolvimento (0 a 10 pontos).

No caso dos trabalhadores e trabalhadoras que se encaixam no grupo “Em Exercício na Caixa”, a apuração dos resultados se dará por meio da soma simples das pontuações obtidas nos critérios de objetivos, subjetivos e de pontuação extra. Quem atingir 40 pontos será contemplado com um delta de merecimento. O segundo delta será distribuído entre aqueles com maiores pontuações em cada unidade, respeitando-se o percentual definido com base na proporcionalidade da lotação existente de pessoal na Caixa e limite orçamentário.

Os cedidos/requisitados também deverão acumular pontos para concorrer a deltas. Para esse grupo, a sistemática é composta por um critério de pontuação básica, que é a Avaliação realizada pela SUREL (OR 090). Os bancários e bancárias que somarem 40 pontos na sistemática serão contemplados com um delta de merecimento. O segundo delta será distribuído entre os empregados com maiores pontuações finais, observando o limite orçamentário.

Quanto aos empregados liberados (dirigentes sindicais), ou seja, que exercem mandato na Contraf e Contec, a elaboração dos critérios de promoção e distribuição de deltas será de responsabilidade de cada confederação, devendo ser apresentado à Caixa até 05 de janeiro de 2017. A participação por mérito do ex-dirigente observará o disposto no RH 080, quando do seu retorno à condição de empregado da Caixa com contrato de trabalho em vigor.

Mais informações, como critério de desempate e outros, podem ser adquiridas pelos seguintes canais:

On line: via chat (HTTP://ceationline.caixa)

Intranet: via ferramenta SIATE http://servicos.caixa  ou:

  • Tipo de chamado: pessoas
  • Categoria: promoção por mérito
  • Tipo: Normativo, operacional ou sistema
  • Ocorrência: selecionar a ocorrência mais adequada à solicitação de esclarecimento

Telefone: 0800 721 2222

Imprima
Imprimir