Delegado sindical: peça fundamental na luta dos trabalhadores da Caixa

A próxima eleição para delegados sindical da Caixa será em março

Em março haverá eleição para delegados sindicais da Caixa. Diante desse momento de desmonte que a instituição financeira vem passando, é necessário resgatar a importância desses militantes no movimento sindical. A atuação dos delegados sindicais é tão relevante, que o Governo Federal já tentou tirar essa conquista dos trabalhadores e trabalhadoras da Caixa. No início da década de 90 o direito de elegê-los foi eliminado pelo durante o mandato do então presidente Fernando Henrique Cardoso.

Depois de muitas lutas dos funcionários e funcionárias da Caixa, nas negociações de 2003 o direito à eleição de delegados sindicais foi reconquistado e incluso no Acordo Coletivo, podendo eleger um delegado por dependência de até 100 delegados. Se tiver acima de 401 bancários, a unidade terá direito a cinco representantes sindicais de base. Além disso, é garantido um delegado sindical por turno nas unida¬des que funcionam em dois períodos do dia.

Segundo a diretora do Sindicato dos Bancários/ES, Lizandre Borges, o delegado sindical é peça fundamental na luta dos trabalhadores. “Ele auxilia na conscientização em seu ambiente de trabalho para que os bancários se apropriem de seus direitos e atuem junto ao sindicato na luta pela manutenção e ampliação das conquistas, além de melhores condições de trabalho para a categoria e manutenção da Caixa 100% pública para que ela possa cumprir sua função social, com foco principalmente nas camadas populares”, diz Lizandre.

Imprima
Imprimir