Desconto assistencial: solidariedade na divisão de gastos da Campanha Nacional

Na assembleia geral da última segunda, 27, os bancários aprovaram o desconto de 1% sobre o salário reajustado de novembro de 2015. O desconto assistencial objetiva cobrir os gastos da Campanha Nacional da categoria, quando as despesas do Sindicato aumentam em função do investimento na greve e nas atividades que a precedem. O valor é […]

Na assembleia geral da última segunda, 27, os bancários aprovaram o desconto de 1% sobre o salário reajustado de novembro de 2015. O desconto assistencial objetiva cobrir os gastos da Campanha Nacional da categoria, quando as despesas do Sindicato aumentam em função do investimento na greve e nas atividades que a precedem.

O valor é destinado a cobrir despesas com publicação de editais, campanhas de divulgação, organização dos congressos, assembleias, atividades de mobilização, entre outros. “A Campanha Nacional é o momento em que dedicamos todos os nossos esforços na luta por direitos e conquistas. Para isso, investimos recursos humanos e financeiros, e nossos gastos aumentam, excedendo a arrecadação mensal do Sindicato. O desconto é uma forma solidária de cada um contribuir com essa luta, já que os benefícios da Campanha são usufruídos por todos”, explica o secretário de finanças do Sindicato, Jônathas Corrêa.

Mesmo sendo uma deliberação de assembleia, o direito de oposição ao desconto é garantido mediante a entrega de requerimento, que deve ser enviado até 10 dias após da publicação do edital – 28 de outubro–, conforme orientações do mesmo.

DESCONTO ASSISTENCIAL 750 px

Imprima
Imprimir

Comentários