Dia do Bancário e da Bancária: comemorar a luta e ampliar a resistência

Bancários e bancárias capixabas vão comemorar a data em uma animada confraternização no próximo dia 23 de setembro, no Ilha Shows, em Vitória

Uma greve histórica deflagrada em 28 de agosto de 1951 se tornou um marco para a categoria bancária e resultou na criação de várias entidades sindicais pelo Brasil. Foram 69 dias de paralisação com bancários e bancárias enfrentando uma forte repressão na luta por reajuste de 40% e melhores condições de trabalho. Desde então, a data ficou conhecida como o Dia do Bancário e da Bancária e é comemorada anualmente pela categoria.

Pioneira nas mobilizações e nas greves, a categoria bancária é uma das mais organizadas do país. Direitos como jornada de 6 horas, descanso aos sábados, VA, VR, PLR, licenças maternidade e paternidade ampliadas, entre outros foram conquistados com muita luta. Além das conquistas da categoria, ao longo da história brasileira, a organização dos bancários foi fundamental nas lutas em defesa da democracia, contra o autoritarismo e na construção de um país mais justo e igualitário.

Neste ano, diante de um cenário de retirada de direitos dos trabalhadores com a reforma trabalhista, a lei da terceirização e as ameaças de privatização promovidas pelo governo ilegítimo de Temer, o Dia Nacional do Bancário e da Bancária será comemorado em meio a uma Campanha Nacional Unificada decisiva para a categoria.

Após dez rodadas de negociação e pressão do Comando Nacional dos Bancários e da categoria, a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) apresentou uma proposta final que será avaliada pela categoria em assembleias por todo o Brasil, nesta quarta-feira, 29. No Espírito Santo, a assembleia acontece às 18h30, no Centro Sindical dos Bancários, em Vitória.

“Esse dia representa a nossa luta. É um dia para honrar nossa trajetória de organização, mobilizações e conquistas e reafirmar nossa disposição para a luta. Parabéns bancários e bancárias! Que a nossa categoria siga na resistência para manter nossos direitos e conquistar ainda mais, para que os que virão continuem tendo orgulho da nossa história e para que todos nós tenhamos melhores condições de trabalho e um país digno para se viver”, ressalta Jonas Freire, coordenador geral do Sindibancários/ES.

Como já é tradição, a nossa resistência também será comemorada com festa e muita irreverência. No próximo dia 23 de setembro, acontece a festa dos bancários capixabas, a partir das 11h, no Ilha Shows, em Vitória.

Viva o Dia dos Bancários e das Bancárias! A luta continua!

Imprima
Imprimir