Diretor eleito para a Previ fala sobre os desafios da gestão

Márcio de Souza é o Diretor de Administração eleito pela Chapa 2, Previ para os Associados, que venceu outras 4 concorrentes, com um total de 38.154 votos

A Chapa 2, “Previ para os Associados”, venceu com 32,31% dos votos as eleições para a diretoria da Previ, o fundo de pensão dos empregados do Banco do Brasil. A chapa obteve um total de 38.154 votos, uma diferença de 4.932 votos para a segunda colocada, a Chapa “Mais União”, 1.

Em conversa com nossa equipe, Márcio de Souza, Diretor de Administração eleito, agradeceu os votos dos capixabas e falou sobre os planos e desafios da próxima gestão, que começa em 1º de junho.

Nosso principal desafio é defender a governança, o direito que nós, trabalhadores, conquistamos de eleger diretores – direito ameaçado pelo PL 268, que tramita na Câmara dos Deputados. É importante manter a Previ gerida por técnicos do Banco do Brasil, é uma garantia de um olhar de fiscalização dos próprios funcionários”, disse Márcio.

Sobre o Plano 1, que atente empregados admitidos até 1997, Souza aponta a necessidade de construir uma nova carteira de investimentos, fundamentada na desconcentração e na diversificação de ativos. “A gente precisa de rentabilidade e liquidez, porque temos 104 mil aposentados e pensionistas, e uma folha de pagamento mensal de R$ 1 bilhão. Por isso temos que construir uma carteira com poucos riscos, que dê rentabilidade e retorno, e que não esteja tão sujeita à volatilidade do mercado”.

Márcio também destacou a proposta de que bancários do plano 1 que ainda estão na ativa possam resgatar imediatamente o saldo do benefício especial para abater saldo de empréstimo simples ou financiamento imobiliário, além da proposta de implantação de um plano que esteja aberto a familiares e associados.

Sobre o plano Previ Futuro, salientou a necessidade de revisão da tabela de pontuação do participante para garantir maior contribuição do banco e melhorar o saldo de pontos e outras medidas. “Queremos garantir novas formas de contribuição dos associados, utilizando por exemplo a transferência de pontos de programas de pontuação como Livelo e Dots. Também vamos investir mais em educação financeira, para que as pessoas possam gerir da melhor forma possível seu saldo de contas”.

Márcio também destacou a importância da Previ para os empregados do BB, sobretudo em tempos de ataques à Previdência Social.  “As pessoas sabem o que significa a previ nas suas vidas, é a garantia do bem-estar social para os associados e seus familiares. Há 104 anos que a Previ cumpre essa função como previdência complementar. Entendemos a Previ como um patrimônio de todos os funcionários e ela precisa continuar sendo gerida por eles. Esse é o compromisso dessa gestão”.

A votação ocorreu de 18 a 30 de abril. Cinco chapas concorreram ao pleito. Foram 83.407 abstenções, 4.625 votos em branco e 8.476 nulos. No Espírito Santo, a Chapa 2 foi a mais votada, obtendo 560 votos contra 71 da Chapa 1; 27 da chapa 3; 67 votos da chapa 4 e 73 da chapa 5. Confira o resultado completo da eleição e o resumo no quadro abaixo.

 

VOTOS POR CHAPA
Chapa Votos %
Chapa 1 – Mais União  33.222 28,13
Chapa 2 – Previ para os Associados  38.154 32,31
Chapa 3 – Solidez e Atitute 3.397 2,88
Chapa 4 – Autonomia e Inovação  18.668 15,81
Chapa 5 – Futuro se Constrói Agora 11.560 9,79
Imprima
Imprimir