Bancários discutirão greve geral em assembleia

A assembleia será na próxima terça-feira, 20, a partir das 18h30, com segunda convocação às 19h, no Centro Sindical dos Bancários, localizado na rua Dom Bosco, 125, Forte São João, Vitória.

Na próxima terça-feira, 20, o Sindicato dos Bancários/ES realizará assembleia para discussão e deliberação sobre a greve geral do dia 30 de junho. A assembleia será a partir das 18h30, com segunda convocação às 19h, no Centro Sindical dos Bancários, localizado na rua Dom Bosco, 125, Forte São João, Vitória. O diretor do Sindicato, Carlos Pereira de Araújo, o Carlão, destaca a necessidade da greve geral nesse contexto de retirada de direitos.

“Podemos dizer que a greve geral do dia 30 de junho é a mais importante dos últimos 50 anos. Estamos na iminência de perder conquistas alcançadas há décadas pela classe trabalhadora por meio de um golpe dado por um congresso e um presidente envolvidos em esquemas de corrupção. A greve geral é um dos instrumentos que temos para barrar as reformas, como a trabalhista e a da Previdência”, diz.

Carlão explica que a greve geral também tem como uma de suas reivindicações as eleições gerais diretas já.

“Quem constrói a riqueza e movimenta a economia é a classe trabalhadora. Não abrimos mão da nossa soberania. Não aceitamos que um congresso de maioria corrupta escolha o presidente diante de uma possível queda de Michel Temer”, relata.

Ele convoca os bancários e bancárias para a assembleia e salienta a importância da participação de todos e todas na greve geral.

“É fundamental fazermos uma assembleia representativa e intensificarmos a mobilização para além da nossa categoria. Cada bancário e bancária pode contactar amigos, familiares e falar da necessidade de aderir à greve geral para impedir a retirada dos direitos de toda a classe trabalhadora”, destaca Carlão.

Greve geral do dia 28 de abril

A última greve geral, ocorrida no dia 28 de abril, paralisou os principais centros urbanos e setores produtivos do país em protesto contra as reformas trabalhista e da Previdência. A adesão chegou a um terço da população economicamente ativa do país – 40 milhões de pessoas – segundo estimativa da Intersindical – Central da Classe Trabalhadora. Em Vitória, quase 90% dos estabelecimentos comerciais, escolas, bancos e departamentos públicos ficaram fechados.

Serviço:
Assembleia para discussão e deliberação sobre a greve geral do dia 30 de junho
Data: 20 de junho
Horário: primeira convocação às 18h30, segunda convocação às 19h
Local: Centro Sindical dos Bancários, localizado na rua Dom Bosco, 125, Forte São João, Vitória

Imprima
Imprimir