Empresa do BB compra créditos podres do Bradesco e Santander

As carteiras tem valor de face de R$ 4 bilhões, mas para reverter o negócio em saldo positivo, a empresa do BB precisará garantir o pagamento das dívidas após localizar e cobrar os devedores.

A Ativos, empresa controlada pelo Banco do Brasil, gastou R$ 80 milhões na compra de carteiras de créditos vencidas do Bradesco, segundo informações do jornal Valor Econômico. As carteiras tem valor de face de R$ 4 bilhões, mas para reverter o negócio em saldo positivo, a empresa do BB precisará garantir o pagamento das dívidas após localizar e cobrar os devedores.

As carteiras são antigas e considerados de difícil recuperação, originadas há pelo menos dez anos. A venda dos créditos “podres” ocorreu em um processo em leilão no qual participaram várias empresas especializadas na recuperação de crédito, tendo a Ativos oferecido o maior preço.

A operação foi realizada no fim do ano passado, mas terminou de ser contabilizada nos três primeiros meses deste ano. A empresa do BB também adquiriu recentemente uma carteira de créditos vendida pelo Santander, com valor de face na ordem de R$ 1,3 bilhão. O banco confirmou as compras, mas não quis comentar o assunto com a reportagem do Valor.

Enquanto compra dívidas para salvar bancos privados, o BB estrangula os empregados reduzindo gasto com pessoal e os investimentos em agências. “Após a reestruturação houve fechamento de agências e desligamentos, consequentemente, a demanda de trabalho por empregado aumentou, as agências estão superlotadas e as condições de trabalho pioraram. O banco alega que precisa cortar gastos, mas contraditoriamente faz operações arriscadas com o objetivo claro de colaborar com os bancos privados”, critica Goretti Barone, diretora do Sindibancários/ES.

Com informações do Valor Econômico

Imprima
Imprimir