Entidades cobram e Caixa garante pagamento de horas extras feitas devido à pane no sistema do banco

Após a cobrança da Comissão Executiva dos Empregados da Caixa (CEE/Caixa) e Contraf, a Caixa Econômica Federal garantiu que vai pagar 100% das horas extras executadas em razão da pane que deixou o sistema fora do ar nesta quinta-feira, 6, independentemente do tamanho da agência. Devido ao problema, unidades fecharam mais tarde e, na sexta-feira, […]

Após a cobrança da Comissão Executiva dos Empregados da Caixa (CEE/Caixa) e Contraf, a Caixa Econômica Federal garantiu que vai pagar 100% das horas extras executadas em razão da pane que deixou o sistema fora do ar nesta quinta-feira, 6, independentemente do tamanho da agência. Devido ao problema, unidades fecharam mais tarde e, na sexta-feira, 7, abriram uma hora mais cedo.

“Vamos acompanhar para ter a certeza de que as horas extras serão integralmente pagas”, diz a coordenadora da CEE/Caixa, Fabiana Matheus. Ela acrescenta: “A situação preocupou as entidades e continua gerando transtornos para os trabalhadores e a população, já que, segundo relatos de vários colegas, o sistema está operando com instabilidade. Aguardamos uma explicação formal da empresa”.

A pane começou no final da manhã de quinta. O sistema voltou, com instabilidade, por volta das 17h. Caixas de autoatendimento, serviços de guichês nas agências e lotéricas em diversas partes do Brasil foram prejudicados. O problema ocorre na semana de pagamento de grande parte dos salários e de benefícios sociais e previdenciários, o que agrava a situação.

Com informações da Fenae

Imprima
Imprimir