Ex-participantes da Baneses ganham correção das perdas de planos econômicos

Bancários do Banestes desligados do banco e que contribuíram com a Baneses entre 1987 e 1991 saíram vitoriosos em ação coletiva movida pelo Sindibancários/ES. A Justiça reconheceu o pedido de correção monetária do valor resgatado da Fundação referente às perdas dos Planos Econômicos Bresser, Verão, Collor I e II. Agora, os beneficiados devem encaminhar, em […]

Bancários do Banestes desligados do banco e que contribuíram com a Baneses entre 1987 e 1991 saíram vitoriosos em ação coletiva movida pelo Sindibancários/ES. A Justiça reconheceu o pedido de correção monetária do valor resgatado da Fundação referente às perdas dos Planos Econômicos Bresser, Verão, Collor I e II. Agora, os beneficiados devem encaminhar, em caráter de urgência, cópia dos documentos pessoais para o Sindibancários/ES.

Têm direito a receber o valor, os ex-banestianos que resgataram a reserva de poupança a partir de 10 de dezembro de 2002 até hoje. O processo tramita na 11ª Vara Cível de Vitória e já iniciou o cumprimento de sentença, fase em que a Baneses será obrigada a apresentar as fichas financeiras para elaboração dos cálculos individuais da condenação. Já o Sindibancários/ES deve apresentar o mais breve possível a lista dos beneficiários com nome, CPF e identidade de cada um. 

“Essa é uma vitória para esses bancários que foram prejudicados pela não correção monetária relativa a esse período e resgataram um valor abaixo do que tinham direito. Temos prazo para apresentar a lista de beneficiários e por isso convocamos com urgência os bancários desligados do banco a partir de 10 de dezembro de 2002 para que apresentem esses documentos o mais rápido possível”, destaca o coordenador geral do Sindibancários/ES, Jessé Alvarenga. 

Documentos necessários

Além de CPF e identidade, também é válido que o beneficiário apresente outros documentos que comprovem o vínculo com a Baneses ou o resgate da reserva. A cópia dos documentos deve ser entregue no setor jurídico do Sindibancários/ES ou encaminhada para o e-mail juridico@bancarios-es.org.br. Mais informações pelo telefone (27) 3331-9989 ou (27) 3331-9988.

O processo é o de número 00183880220088080024 e pode ser consultado no site do Tribunal de Justiça.

Imprima
Imprimir

Comentários