Famílias ribeirinhas recebem alimentos arrecadados na festa do Dia do Bancário e da Bancária

Os alimentos arrecadados pelo Sindicato dos Bancários durante a festa do Dia do Bancário e da Bancária foram entregues na manhã desta sexta-feira, 18, às famílias da comunidade ribeirinha Caboclo Bernardo, em Linhares. Na comunidade, que vive há 50 anos no local, moram 33 famílias, com aproximadamente 100 pessoas, dentre elas 40 crianças. Essas famílias residem […]

Os alimentos arrecadados pelo Sindicato dos Bancários durante a festa do Dia do Bancário e da Bancária foram entregues na manhã desta sexta-feira, 18, às famílias da comunidade ribeirinha Caboclo Bernardo, em Linhares. Na comunidade, que vive há 50 anos no local, moram 33 famílias, com aproximadamente 100 pessoas, dentre elas 40 crianças.

Essas famílias residem perto da Fazenda Entre Rios, no distrito de Regência, e estão correndo o risco de perderem suas casas devido às ameaças feitas pela empresa União Engenharia, Fabricação e Montagens, que já derrubou nove moradias.

Para Maristela Corrêa, que compõe a diretoria do Sindicato, a luta dos ribeirinhos pode ser comparada com a luta bancária. “Quando a gente faz esse trabalho de conscientizar os bancários a respeito desses movimentos de resistência, ajudando outras pessoas e outros trabalhadores contra a entrada forçada do capital privado, estamos mostrando a importância da luta dos movimentos sociais. Assim, da mesma forma, o bancário deve resistir contra abusos e outros tipos de ameaças”, disse.

 

 

Imprima
Imprimir