Fenaban não apresenta propostas em rodada de negociação

A rodada de negociação aconteceu na quarta-feira, 24

Ocorreu nesta quarta-feira, 24, a terceira rodada de negociação entre o Comando Nacional dos Bancários e a Fenaban, em São Paulo. A Federação Nacional dos Bancos não apresentou nenhum avanço no debate das revindicações dos trabalhadores. Foi marcada outra rodada para 29 de agosto, data em que Fenaban se comprometeu a trazer uma resposta global às reivindicações.

Os eixos centrais da campanha são: reposição da inflação do período mais 5% de aumento real, valorização do piso salarial, no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$3.940,24 em junho), PLR de três salários mais R$ 8.317,90, combate às metas abusivas, ao assédio moral e sexual, fim da terceirização. Além da defesa das empresas públicas e dos direitos da classe trabalhadora, ameaçados pelo governo interino de Michel Temer.

Com informações da Contraf

Imprima
Imprimir