Festa do Dia do Bancário e da Bancária agita Cachoeiro de Itapemirim

Chegou a vez dos bancários da região sul do Estado comemorarem o dia do bancário e da bancária. A Festa aconteceu na tarde deste sábado, 26, na Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal de Cachoeiro de Itapemirim (APCEF) e lotou o espaço. A programação musical ficou por conta banda “Aguilar e os Lendários”, que […]

Chegou a vez dos bancários da região sul do Estado comemorarem o dia do bancário e da bancária. A Festa aconteceu na tarde deste sábado, 26, na Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal de Cachoeiro de Itapemirim (APCEF) e lotou o espaço. A programação musical ficou por conta banda “Aguilar e os Lendários”, que tocou o melhor do rock nacional e internacional.

Na abertura do evento a diretora de cultura do Sindibancários/ES, Lucimar Barbosa, parabenizou a categoria. ” O dia do bancário e da bancária é momento ressaltar a importância dessa categoria, valorizar nosso trabalho e nossa luta”, disse.

A bancária do Banestes Maristela Mendes, que é delegada sindical da sua agência, marcou presença e elogiou o evento. “Essa festa é show, faz parte da programação da categoria e tem que acontecer todos os anos.  É um espaço onde se juntam bancários, clientes, amigos, família; onde podemos mostrar como somos unidos, que estamos buscando algo melhor pra todos e que queremos ser feliz”.

Renata Azevedo, que é bancária da Caixa, também foi à festa, acompanhada de colegas do banco. “Já tinha participado em Vitória no ano passado, mas é a primeira vez que venho aqui em Cachoeiro. Está muito legal” salientou.

Festa Cachoeiro - 750 - 4

Campanha Salarial é tema do evento   

A Campanha Nacional dos Bancários foi o tema da Comemoração. “Nossa festa acontece em um momento chave para a categoria. Os banqueiros acabaram de apresentar uma proposta imoral de 5,5% de reajuste e não podemos ficar calados. Por isso esse espaço é de comemoração, mas também de organização dos bancários e bancárias e de fortalecimento da nossa luta”, diz o diretor do Sindicato Marco Rodrigues, que atua na subsede de Cachoeiro.

O diretor Giovanni Riccio, também da subsede, complementou.”Temos que fazer uma greve como há muito tempo não fazíamos. Ficar nos piquetes, parar todas as agências. Porque esse é o momento em que os banqueiros vão tentar nos dobrar, mas tenho certeza que se a gente se unir, vamos conseguir vitórias”.

Festa Cachoeiro - 750 - 5

Vale destacar que os bancários e bancárias já se preparam para a greve da categoria. No último dia 25, a Fenaban apresentou proposta de reajuste de 5,5% que foi rejeitada pelo Comando Nacional na mesa de negociação. No dia 1º acontecem assembleias em Vitória e nas subsedes para votar o indicativo de greve por tempo indeterminado a partir do dia 06 de outubro.

O bancário Hugo Carias, da Caixa de Cachoeiro, falou sobre a expectativa para a greve. “Esperamos uma Campanha dura, porque os banqueiros não vão ceder fácil. Isso significa que temos que parar de forma unificada, fazer reuniões nas agências e incentivar principalmente os mais novos a fazerem greve. Hoje muitos estão preocupados com a carreira, mas a greve é um direito e não existe contradição com nossa trajetória no banco”, salienta.  

Cantinho da fotografia

No cantinho da fotografia os bancários e juntaram à manada dos caititus e levantaram suas bandeiras para a Campanha Salarial. Cada um ainda pôde levar uma foto impressa de recordação do evento.

Caititu 3

 

Caititu 1

 

Caititu 4

 

Caititu 2

Imprima
Imprimir