Governo do Estado anuncia privatização de 870 Km de rodovias estaduais

No dia 14 de janeiro o Governo do Estado publicou um edital referente à concessão de 870 km de rodovias estaduais. Com isso o objetivo do Governo Paulo Hartung é habilitar empresas para fazer estudo de viabilidade técnica de concessão das vias capixabas. O edital estabelece prazos curtos: 45 dias para apresentar o levantamento e […]

No dia 14 de janeiro o Governo do Estado publicou um edital referente à concessão de 870 km de rodovias estaduais. Com isso o objetivo do Governo Paulo Hartung é habilitar empresas para fazer estudo de viabilidade técnica de concessão das vias capixabas. O edital estabelece prazos curtos: 45 dias para apresentar o levantamento e mais quatro meses e meio, se provada a viabilidade, para apresentar os estudos de engenharia.

Após garantir a viabilidade técnica, o governo Hartung pretende iniciar os leilões de concessão até abril de 2017. A concessionária escolhida, pelo contrato, vai pagar os estudos de viabilidade do projeto selecionado pelo governo do Estado. O coordenador geral do Sindicato dos Bancários/ES, Jessé Alvarenga, recorda que o atual mandato de Paulo Hartung não se diferencia dos outros dois em que ele esteve a frente do Governo do Estado.

“Paulo Hartung repete no atual mandato a política de Estado mínimo que prevaleceu nos anteriores, abrindo mão do patrimônio público para atender aos interesses privados. Em 2009 ele tentou vender o Banestes para o Banco do Brasil, o que foi impedido pela mobilização dos trabalhadores e trabalhadoras. No ano passado, tentou promover a abertura de capital da Banestes Seguros, e novamente os bancários e bancárias se mobilizaram e não permitiram que isso acontecesse”, afirma Jessé.

Jessé destaca, ainda, que além da privatização de 870 km de rodovias estaduais, em seu terceiro mandato o Governo Paulo Hartung já promoveu a abertura de capital da Cesan, além de ter implementado, sem diálogo com a comunidade escolar, o Programa Escola Viva, uma parceria público privada com o Instituto de Corresponsabilidade pela Educação.

Confira a lista de trechos disponibilizados para privatização segundo publicação no Diário Oficial publicado na quinta-feira, 14 de janeiro:

 

Pólo de Aracruz (229 km disponibilizados)

– ES-115, entre Manguinhos e Nova Almeida (ES-264);

– ES-115, entre Nova Almeida e Santa Cruz;

– ES-010, entre Santa Cruz e Vila do Riacho;

– ES-010, entre Vila do Riacho e entr. ES-440;

– ES-445, entre Vila do Riacho e entr. BR-101;

– ES-257, entre Ibiraçu e Aracruz;

– ES-257, entre Aracruz e Portocel;

 

– Contorno de Aracruz

– ES-124, entre Aracruz e Guaraná;

– ES-456, entre Aracruz e Coqueiral;

– ES-124, entre Aracruz e Santa Rosa;

– ES-124, entre Santa Rosa e Contorno de Nova Almeida;

– ES-124, entre entr. Contorno de Nova Almeida e Praia Grande.

 

Pólo Cachoeiro de Itapemirim (354 km disponibilizados)

– ES-490, entre Safra e Marataízes;

– ES-145, entre Campo Acima e entr. ES-487;

– ES-145, entre entr. ES-487 e Contorno de Guarapari;

– BR-482, entre Safra e Cachoeiro (Trevo);

– BR-393, entre Cachoeiro (Trevo) e Aeroporto;

– ES-489, entre Aeroporto e Atílio Vivacqua;

– ES-289, entre Atílio Vivacqua e entr. BR-101;

– ES-482/BR-482, entre Cachoeiro (Trevo) e Coutinho;

– ES-482/BR-482, entre Coutinho e entr. ES-181 (Alegre)

– ES-166, entre Coutinho e Castelo;

– ES-486, entre Coutinho e Itaóca;

– ES-488, entre Cachoeiro e Frade;

– BR-482, Contorno de Cachoeiro;

– ES-145, entre Campo Acima e Campo Novo;

– ES-060/ES-297, Entre Campo Novo e Divisa RJ;

– ES-162, entre entr. BR-101 e Campo Novo;

– ES-487, entre entr. ES-145 e entr. BR-101;

– ES-375, entre entr. ES-145 e entr. BR-101;

– ES-146, entre entr. ES-150 e entr. BR-101.

Pólo Colatina (287 km disponibilizados)

– BR-259, entre Colatina e João Neiva;

– BR-259, contorno de Colatina;

– BR-259, entre Colatina e Baixo Guandu;

– ES-080, entre Colatina e ngelo Frechiani;

– ES-080, entre ngelo Frechiani e São Domingos;

– ES-137, entre São Domingos e Nova Venécia;

– ES-248, do entroncamento com a BR-259 ao entroncamento com a BR-101 (Linhares).

 

Com informações de A Gazeta 

Imprima
Imprimir

Comentários