III Encontro Nacional de Mulheres Bancárias começa no dia 25 de novembro

Nos próximos dias 25, 26 e 27 trabalhadoras de instituições financeiras de todo o Brasil se reunirão no III Encontro Nacional de Mulheres Bancárias, que acontecerá no Instituto Cajamar, em São Paulo. A programação do evento tem início às 19h, com a palestra Rosa Luxemburgo na Atualidade. Esse tema será abordado pela Doutora em Filosofia […]

Nos próximos dias 25, 26 e 27 trabalhadoras de instituições financeiras de todo o Brasil se reunirão no III Encontro Nacional de Mulheres Bancárias, que acontecerá no Instituto Cajamar, em São Paulo. A programação do evento tem início às 19h, com a palestra Rosa Luxemburgo na Atualidade. Esse tema será abordado pela Doutora em Filosofia e presidente do Instituto Rosa Luxemburgo Stiftung, Isabel Loureiro.

Na manhã do dia 26 será feita uma análise de conjuntura por um representante da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal). Neste mesmo dia serão realizados dois debates sobre autonomia. O primeiro, na parte da manhã, será sobre autonomia física, abordando a violência como uma forma de discriminação que impede as mulheres de usufruírem de seus direitos e liberdades em condições de igualdade com o homem.

O segundo, que será sobre autonomia econômica, começa no período vespertino e abordará a superação entre o público e o privado, o produtivo e o reprodutivo. Ainda no dia 26, haverá uma confraternização a partir das 20h. A programação do último dia do III Encontro Nacional de Mulheres Bancárias começa com o debate sobre Autonomia na Tomada de Decisões, com enfoque no acesso igualitário a esferas de poder e a instâncias de decisão.

“O Encontro Nacional de Mulheres Bancárias é um espaço de formação importante sobre as questões de gênero, para fortalecer a luta por uma sociedade mais igualitária”, afirma a diretora do Sindicato dos Bancários/ES, Lucimar de Souza Barbosa. O evento, que será realizado pela Contraf com apoio dos sindicatos e federações, se encerra com a formação do Coletivo Nacional de Mulheres e elaboração do calendário de lutas.

Imprima
Imprimir