Nesta quinta-feira, 07, vista luto contra a alteração do estatuto da Caixa

Uma das propostas de alteração do estatuto da Caixa diz respeito à transformação do banco em uma sociedade anônima, abrindo capital para investimentos privados, o que tira o caráter público da instituição financeira

Na próxima quinta-feira, 07, o Conselho de Administração da Caixa irá votar as alterações no estatuto da instituição financeira, entre elas, a transformação do banco em uma sociedade anônima (S/A). Por isso, o Sindicato dos Bancários/ES convoca os trabalhadores e trabalhadoras para se vestir de luto, utilizando a camisa da campanha Defenda a Caixa Você Também como forma de demonstrar repúdio em relação a essa possível mudança.

“É importante os bancários e bancárias estarem mobilizados. A transformação da Caixa em sociedade anônima fará dela um banco de cunho meramente comercial, esquecendo-se o papel social que a instituição financeira deve cumprir. Temos que defender o patrimônio público. Não podemos aceitar que uma empresa com mais de 150 anos seja entregue ao capital privado”, diz a diretora do Sindibancários Lizandre Borges.

A transformação da Caixa em sociedade anônima trata-se de um processo de privatização, pois abre o capital para investimentos privados, tirando o caráter público do banco. Essa medida contraria o Estatuto das Estatais, promulgado em junho de 2016, que teve os seguintes ítens retirados após mobilização da classe trabalhadora em todo o país: o que obrigava as empresas públicas a se tornarem S/A e o que tratava da mudança de composição acionária.

Imprima
Imprimir