Nota pública sobre funcionamento bancário e segurança

O Sindicato dos Bancários reafirma orientação para que todas as instituições financeiras permaneçam fechadas, inclusive sem a execução de serviços internos, enquanto não forem restabelecidas as condições de segurança adequadas para o prestação do serviço bancário.

O Sindicato dos Bancários reafirma orientação para que todas as instituições financeiras permaneçam fechadas, inclusive sem a execução de serviços internos, enquanto não forem restabelecidas as condições de segurança adequadas para o prestação do serviço bancário.

Alerta ainda que os bancos e seus prepostos são responsáveis pela integridade física dos empregados, devendo portanto zelar pela preservação de sua segurança. No caso dos bancos que insistirem em convocar os empregados ao trabalho, seja para atendimento ao cliente ou para expediente interno, o Sindicato poderá acionar a justiça buscando indenização coletiva – além da individual, em caso de dano efetivo – pela ameaça à integridade dos trabalhadores, uma vez que estão sendo submetidos à situação de risco maior que a habitual.

Desde a última segunda-feira, 06, três trabalhadores bancários foram vítimas de assalto a caminho do trabalho, situação que caracteriza acidente de trabalho.

Ao empregado bancário, o Sindicato buscará garantir o direito ao abono dos dias em que não compareceu ao trabalho em função de situação de risco. Vale lembrar que não há, em caso de ausência por fator de risco, obrigatoriedade de compensação ou desconto das horas.

Imprima
Imprimir