PLS 555 será votado em fevereiro. Trabalhadores precisam se manter mobilizados!

O Projeto de Lei do Senado (PLS) 555, que impõe a abertura de capital das empresas públicas, será votado na quarta-feira, 03 de fevereiro, segundo informações do Senado. “O PLS 555 é um golpe contra o patrimônio público dos brasileiros, como a Caixa, pois abre caminhos para a privatização de diversas empresas. Por isso, os […]

O Projeto de Lei do Senado (PLS) 555, que impõe a abertura de capital das empresas públicas, será votado na quarta-feira, 03 de fevereiro, segundo informações do Senado. “O PLS 555 é um golpe contra o patrimônio público dos brasileiros, como a Caixa, pois abre caminhos para a privatização de diversas empresas. Por isso, os trabalhadores e trabalhadoras devem impedir que seja aprovado. É muito importante que se mantenham mobilizados”, afirma a diretora do Sindicato dos Bancários/ES, Lizandre Borges.

O PLS, que seria votado na quarta-feira, 17, cria o estatuto jurídico das empresas públicas e sociedades de economia mista no âmbito da União, Estados e Municípios. Com o estatuto, toda empresa pública e sociedades de economia mista deverão se torna Sociedades Anônimas (S.A.’s). Isso significa que no mínimo 25% das ações dessas instituições passarão a ser negociadas na Bolsa de Valores em até dois anos após a publicação da lei.

 

Diga “não” ao PLS 555

 

Para barrar o PLS 555, o Sindicato convoca os trabalhadores e trabalhadoras para entrem em contato com os senadores do Espírito Santo para pressionar a não aprovação do projeto de lei. A participação de todos é fundamental para que o interesse da classe trabalhadora e de toda a sociedade seja preservado.

Baixe aqui um modelo de carta popular para ser enviada aos senadores capixabas

Senadores Capixabas:

MAGNO MALTA (PR)

Telefones:(61) 3303-4161 / 5867

E-mail:  magno.malta@senador.leg.br

 

RICARDO FERRAÇO (PMDB)

Telefones:(61) 3303-6590 / 6593

E-mail: ricardo.ferraco@senador.leg.br

 

ROSE DE FREITAS (PMDB)

Telefones:(61) 3303-1156

E-mail:  rose.freitas@senadora.leg.br

 

Imprima
Imprimir