Primeira rodada de negociação específica do BB é confirmada para dia 22

O Comando Nacional dos Bancários e a Comissão de Empresa do BB se reúnem no próximo dia 22, às 10 horas, em Brasília, para a primeira rodada de negociação específica da Campanha Nacional dos Bancários 2014, que discutirá as cláusulas de Saúde e Condições de Trabalho. A minuta específica de reivindicações dos empregados do BB […]

O Comando Nacional dos Bancários e a Comissão de Empresa do BB se reúnem no próximo dia 22, às 10 horas, em Brasília, para a primeira rodada de negociação específica da Campanha Nacional dos Bancários 2014, que discutirá as cláusulas de Saúde e Condições de Trabalho.

A minuta específica de reivindicações dos empregados do BB foi entregue à direção do banco na última segunda-feira, 11, na sede da Fenaban, em São Paulo, logo após a entrega da minuta unificada da categoria.

“O tema dessa mesa de negociação é central na nossa minuta. As condições de trabalho estão cada dia mais precárias, o que tem levado ao adoecimento crescente da categoria por conta da pressão por metas, da sobrecarga de trabalho e da falta de funcionários. Esperamos que o banco leve a sério e negocie realmente a pauta da categoria, revendo, principalmente, a dotação de funcionários e a prática de assédio moral”, enfatiza Goretti Barone, diretora do Sindicato dos Bancários/ES.

Vale destacar que o BB tem obtido lucros crescentes a partir da exploração dos trabalhadores e da cobrança de juros e tarifas. Somente no primeiro trimestre de 2014 o banco lucrou R$ 2,648 bilhões. No ano passado, obteve lucro recorde de R$ 15,8 bilhões.

“O BB pode e deve investir em condições de trabalho e na valorização de seus profissionais. Os bancários devem ficar atentos e mobilizados nessa Campanha Salarial para garantirmos as conquistas necessárias para a categoria”, conclui Goretti.

Principais reivindicações dos bancários do BB

• Aumento do número de funcionários
• Melhores condições de trabalho
• Fim do assédio moral
• Salário mínimo do Dieese
• Interstício na tabela de antiguidade de 6%
• Processo de seleção interna
• Fim dos descomissionamentos
• Defesa dos princípios da solidariedade na CASSI e prioridade no programa de prevenção e na qualidade de vida, fortalecendo o programa Estratégia de Saúde da Família e Cassi para todos os funcionários.
• Fim do voto de minerva no Conselho Deliberativo da Previ
• Eleição do diretor de Participações da Previ
• Redução da parcela Previ e regulamentação do artigo 192 da Constituição Federal (que trata do Sistema Financeiro Nacional).

 

Com informações da Contraf

Imprima
Imprimir